Home»Destaque»Fomento no turismo: a partir de julho, Palmas terá novo voo para Recife

Fomento no turismo: a partir de julho, Palmas terá novo voo para Recife

Atualizada em: 12/04/2019 11:05

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Com previsão para iniciar no dia 6 julho, o aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues de Palmas terá um novo voo para Recife. O Termo de Acordo de Regime Especial (Tare) foi assinado nesta quinta-feira, 11, pelo governador Mauro Carlesse (PHS) e representantes da Azul Linhas Aéreas.

Segundo o Governo do Estado, a concessão do benefício fiscal sob o combustível para a aviação, concedida à Azul Linhas Aérea, do voo comercial de Palmas a Recife, fomentará o trade do turismo do Tocantins.

A Azul informou que o voo ligando Palmas diretamente a Recife, será pela manhã partindo às 10h45, com pouso previsto às 13h25. Já o retorno é no período da tarde, às 14h10 e a chegada em Palmas é as 16h50.

Com este novo voo, facilitará o acesso de turistas e usuários tocantinenses em geral a todas as capitais do Nordeste, sem necessidade de escalas em Brasília ou São Paulo. A nova rota também facilitará atração dos nordestinos ao Estado do Tocantins. O voo será semanalmente, realizado aos sábado e pode ser ampliado de acordo com a demanda apresentada.

 A Azul também está avaliando uma possível operação de voos para cidade de Araguaína, conforme uma solicitação do Governo do Estado. Mas para isso, segundo o diretor da Azul, o aeroporto precisa passar por algumas adequações para voos com jatos que necessitam de operações por instrumentos em possíveis voos noturnos. A companhia também sinalizou a possibilidade de oferta de voos, no futuro, para o município de Gurupi.

Benefício fiscal

A disposição das empresas aéreas que operam no Estado de ampliar seus voos surge no mesmo momento em que entra em vigor a redução de 14% para até 3% no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) dos combustíveis para aviação. Segundo informações da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (SICS), a alíquota do tributo terá queda progressiva na base de cálculo conforme investimentos das empresas aéreas na aviação comercial no Tocantins.

Post Anterior

Homem é preso dentro de ônibus por porte ilegal de arma de fogo; 100 balas de revólver foram apreendidas

Próximo Post

Datas das corridas do Circuito Virgílio Coelho de Rua 2019 são divulgadas, confira