0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/03/2022 19:03

Os 180 minutos da semifinal do Campeonato Carioca foram concluídos, e o Flamengo foi o melhor. Na segunda partida, na tarde deste domingo (20) no Maracanã, o Rubro-Negro venceu novamente o Vasco da Gama por 1 a 0 e se classificou para a final, terminando com o placar agregado em 2 a 0. Willian Arão marcou o único gol do jogo, no segundo tempo.

Com o resultado do Clássico dos Milhões, o Mengão aguarda o adversário para a final do Cariocão. Fluminense Botafogo disputam a outra vaga, e a primeira partida será nesta segunda-feira (21), às 20h, no Estádio Nilton Santos.

O jogo
A partida foi bastante equilibrada, com as duas equipes dispostas a jogar ofensivamente. Os lances de ataque do Vasco no início foram sinalizados como impedimentos. Já o Flamengo chegou à área adversária aos 8 minutos. Em belo passe de Lázaro para Arrascaeta, o uruguaio tentou encontrar Pedro, mas Léo Matos fez o corte para escanteio.

O Vasco pressionou o Rubro-Negro, marcou alto e conseguiu boas jogadas ofensivas. Em uma delas, Raniel cortou para o meio e chutou rasteiro, com a bola sendo desviada no meio do caminho e exigindo uma defesa de Hugo.

Por muito pouco não saiu o primeiro gol do jogo. O Vasco entrou em campo disposto a ir para cima do Flamengo, e mostrou isso. Figueiredo achou um passe para Nenê, furando a zaga rubro-negra, e o camisa 10 finalizou de fora da área, no canto superior esquerdo do gol, mas Hugo Sousa fez uma grande defesa, espalmando para escanteio.

A resposta do Flamengo não demorou. Aos 25’, Lázaro deu passe para Pedro, e na finalização o goleiro Thiago Rodrigues fez bela defesa com apenas uma mão. No rebote, Gabigol finalizou em cima do zagueiro. Os ataques dos times chamaram as torcidas para o jogo.

O Vasco tentou a todo custo abrir o placar para se aproximar da classificação. Em mais uma finalização do camisa 10, Nenê deu uma “chapada”, e a bola passou muito perto do travessão.

O segundo tempo começou com pressão absoluta do Vasco. Nenê pegou sobra na meia-lua e finalizou rasteiro, mas a bola saiu fraca e passou na direita do gol de Hugo. Logo depois, em um lance mais perigoso, Edimar finalizou de fora da área, exigindo mais uma defesa do goleiro adversário.

O Mengão não ficou parado no jogo e foi para cima também. Após lance de escanteio, Arrascaeta cruzou, Lázaro jogou para pequena área, Pedro desviou e Willian Arão finalizou, na sobra, para o fundo do gol.

Com o placar favorável para o Flamengo, o time segurou o jogo, recuou e mudou a tática para os contra-ataques. Gabigol desperdiçou a melhor chance da partida, cara a cara com o goleiro Thiago Rodrigues, ao tentar a cavadinha, mas a bola foi para fora.

No final do jogo, o Vasco já estava sem reação e viu o Flamengo pressionar com maior constância. Marinho, Vitinho, Gabigol, Everton Ribeiro, Pedro, João Gomes — todos tiveram oportunidades para ampliar o placar, mas deixaram escapar.

Próximos jogos
O Rubro-Negro aguarda a definição do adversário na final, que pode ser Fluminense ou Botafogo. O primeiro jogo entre eles será nesta segunda-feira (21), no Nilton Santos. Já a primeira partida da finalíssima ainda não tem data nem local confirmados, mas deve acontecer no dia 30 ou 31 de março, em uma quarta ou quinta-feira.

Fora da disputa, o Vasco terá longos dias de treino até voltar a jogar. Eliminado precocemente da Copa do Brasil e dando adeus ao Carioca, o Cruzmaltino só voltará a entrar em campo no início do Campeonato Brasileiro da Série B, marcado para 9 de abril, contra o Vila Nova.

FICHA TÉCNICA
Flamengo 1 x 0 Vasco da Gama
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data e hora: domingo (20/3), às 16h
Árbitro: Rafael Martins de Sá
Auxiliares: Daniel do Espírito Santo Parro e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga

Gol: Willian Arão, aos 8’/2ºT (Flamengo)

FLAMENGO: Hugo Sousa; Fabrício Bruno, David Luiz (Léo Pereira), Filipe Luís; Rodinei (Matheuzinho), Willian Arão, João Gomes, Lázaro (Vitinho), Arrascaeta (Marinho); Pedro e Gabigol (Everton Ribeiro). Técnico: Paulo Sousa

VASCO: Thiago Rodrigues; Léo Matos (Weverton), Juan Quintero, Anderson Conceição, Edimar; Zé Gabriel (Yuri), Juninho (Luiz Henrique), Nenê; Gabriel Pec (Bruno Nazário), Figueiredo e Raniel (Vitinho). Técnico: Zé Ricardo

Post Anterior

Moraes revoga ordem de bloqueio do Telegram

Próximo Post

Novo lote de saque do dinheiro esquecido começa nesta segunda