0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/09/2021 16:21

O Flamengo levou a pior no reencontro com o Grêmio, após eliminar o rival na Copa do Brasil. Neste domingo, o clube gaúcho encaixou a armadilha e venceu por 1 a 0, no Maracanã, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Grêmio negou os espaços ao Flamengo e se fechou bem. Sem inspiração, o clube carioca não se criou e viu a invencibilidade cair. Eram oito jogos invictos  sete vitórias e um empate. Esta foi a segunda derrota de Renato Gaúcho à frente do Fla. Curiosamente, a segunda no Maraca para um clube gaúcho no Brasileiro  havia perdido para o Internacional.

Foto: Divulgação.

Com a derrota, o Flamengo vê a vantagem para o líder Atlético-MG aumentar para 11 pontos (o clube carioca tem dois jogos a menos em relação ao rival mineiro). O Rubro-Negro está na terceira colocação, com 34 pontos em 18 partidas. Já o Grêmio consegue uma vitória importante na luta para fugir do Z-4. O Tricolor Gaúcho tem 22 pontos em 19 jogos e está no 17º lugar.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Flamengo enfrenta o América-MG, no domingo, às 11h (de Brasília), no Independência. Antes, porém, o clube carioca começa a decidir uma vaga para a final da Libertadores. Nesta quarta-feira, o Flamengo recebe o Barcelona de Guayaquil, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, pelo jogo de ida da semifinal. Já o Grêmio volta a campo, pelo Brasileiro, no domingo e visita o Athletico-PR, na Arena da Baixada, às 18h15 (de Brasília).

O técnico Renato Gaúcho não pôde contar com Filipe Luís, Diego e Arrascaeta. David Luiz ainda não foi relacionado, enquanto Kenedy ficou como opção pela primeira vez e fez a estreia na etapa final. Bruno Henrique, recuperado de lesão, voltou a ficar à disposição e entrou no segundo tempo.

O clima ficou tenso. Borja, que provocou após o gol, e Gabigol se estranharam na saída para o intervalo. No túnel que leva aos vestiários, mais conversa entre os jogadores dos dois times.

O Grêmio precisou mudar logo no começo do segundo tempo. Gabriel Chapecó se chocou com Ruan e deu lugar a Brenno. O Flamengo não conseguia acelerar o jogo e superar a marcação rival. Renato Gaúcho, então, fez alterações. Ele colocou Bruno Henrique e Pedro. Saíram Everton Ribeiro e Vitinho.

O panorama não mudou. Renato promoveu a estreia de Kenedy e também colocou Matheuzinho. Saíram Michael e Isla. De nada adiantou. O Flamengo não conseguiu criar nada na etapa final.

Nos acréscimos, o VAR recomendou revisão em lance de mão de Léo Pereira na área. Pênalti. Borja bateu, aos 52, mas Diego Alves pegou. Entretanto, o clube gaúcho ficou com a vitória.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 0X1 GRÊMIO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 19/09/2021, domingo

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

VAR: Braulio da Silva Machado (SC)

Cartão amarelo: Borja, Thiago Santos, Vanderson e Mateus Sarará (Grêmio) e Isla, Bruno Henrique e Rodrigo Caio (Flamengo)

Gol:

Grêmio: Borja, aos 47′ do 1ºT

FLAMENGO: Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Renê; Willian Arão, Andreas Pereira (Thiago Maia), Everton Ribeiro (Bruno Henrique) e Vitinho (Pedro); Michael (Kenedy) e Gabigol

Técnico: Renato Gaúcho

GRÊMIO: Gabriel Chapecó (Brenno); Vanderson, Ruan, Rodrigues e Rafinha (Cortez); Thiago Santos, Villasanti e Lucas Silva (Mateus Sarará); Alisson (Diogo Barbosa), Ferreira (Léo Pereira) e Borja

Técnico: Felipão

Post Anterior

Planalto envia ao Congresso PL que dificulta remoção de conteúdo das redes

Próximo Post

Aumento do IOF começa a valer a partir desta segunda-feira