0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 21/07/2022 08:22

Após um começo irregular, o Flamengo engrenou no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (20), o Rubro-Negro goleou o Juventude por 4 a 0, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela 18ª rodada da competição. A partida marcou a estreia de Everton Cebolinha, um dos reforços contratados para a sequência do torneio, que foi a campo depois do intervalo, no lugar do também atacante Pedro.

Foi a quarta vitória dos cariocas nos últimos cinco jogos pelo Brasileiro. A equipe comandada por Dorival Júnior foi a 27 pontos, na sétima posição, a três pontos do G6. Sem ganhar há nove rodadas, o Juventude segue na lanterna, com 13 pontos, seis atrás do Cuiabá, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Diante de mais de 65 mil torcedores, o Flamengo precisou de 18 minutos de bola rolando para abrir 3 a 0. Os três gols foram de cabeça, sempre em jogadas iniciadas pelo lado direito. Aos cinco, o meia Giorgian de Arrascaeta cruzou e Pedro fez o primeiro. Aos 12, Pedro marcou mais um, após levantamento de Everton Ribeiro na área. Seis minutos depois, o próprio meia balançou as redes, com assistência do atacante Gabriel, outra vez pela direita. Aos 37, o volante Jadson, do Juventude, foi expulso após agressão a Gabriel, dificultando a missão gaúcha no Mané Garrincha.

O Rubro-Negro manteve a postura ofensiva na segunda etapa, desperdiçou oportunidades, mas conseguiu ampliar, novamente de cabeça, com participação de Everton Cebolinha. Aos 40 minutos, o reforço flamenguista recebeu na esquerda, colocou na área e o atacante Lázaro completou para o gol.

No mesmo horário do jogo em Brasília, Internacional e São Paulo empataram por 3 a 3 no Beira-Rio, em Porto Alegre. O Colorado, com 30 pontos, está na sexta posição e perdeu a chance de acabar a rodada na vice-liderança do Brasileiro. O Tricolor está cinco pontos atrás do Inter, que fecha o G6.

Aos três minutos, o atacante Pedro Henrique, de cabeça, colocou os gaúchos em vantagem. Seis minutos depois, o lateral Igor Vinícius cruzou rasteiro pela direita e o meia Nikão igualou. O Inter voltou à frente aos 24, novamente com Pedro Henrique, completando (outra vez) de cabeça o levantamento do atacante Alemão. O São Paulo reagiu em um lance semelhante ao primeiro gol: cruzamento por baixo (agora do atacante Luciano) e conclusão de Nikão, validada pelo árbitro de vídeo (VAR), após marcação inicial de impedimento.

A primeira etapa seguiu animada. Aos 37, Alemão foi derrubado por Thiago Couto na área. O volante Edenilson cobrou a penalidade e recolocou o time da casa na dianteira. Aos oito minutos do segundo tempo, porém, o lateral Rafinha cruzou pela direita, desta vez pelo alto, para Luciano, de cabeça, mandar no cantinho do goleiro Daniel, deixando tudo igual pela terceira vez na noite, agora em definitivo.

Post Anterior

PT, PC do B e PV formalizam candidatura de Lula nesta quinta

Próximo Post

Em jogo de viradas, Fluminense bate Goiás e segue na briga pelo Brasileiro

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.