0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 30/10/2019 14:53

A partir de 2020, a entrada dos alunos nos Colégios Militares do Tocantins será por meio do Sistema Informatizado de Matrículas da rede estadual de ensino. O anúncio foi feito nesta última terça-feira, 29. 

A solicitação de matrícula deverá ser feita no site matricula.seduc.to.gov.br ou pelo telefone 0800-63-5050, segundo o calendário de matrículas da rede estadual, que será divulgado ainda este ano. As vagas serão disponibilizadas pelo sorteio automático do sistema.

De acordo com a Seduc, os atuais alunos dos Colégios Militares terão as vagas garantidas pelo processo de renovação de matrícula. “A ideia é que o processo de entrada na escola seja plural e que todos tenham acesso, de modo que o desenvolvimento educacional caminhe junto ao desenvolvimento social. Com essa mudança, a entrada em todas as unidades será igualitária”, destacou a titular da Seduc, Adriana Aguiar.

Anúncio aos dirigentes das unidades escolares militares aconteceu na tarde desta terça-feira em reunião entre a Seduc e a Polícia Militar. Foto: Marcio Vieira/Governo do Tocantins.

O Coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça, chefe do Estado Maior, ressaltou que a nova forma de ingresso não irá mudar a metodologia da modalidade de ensino. “O novo processo de matrícula visa cumprir o que rege a LDB e tornar o processo mais democrático, sem perder a qualidade do ensino”, ponderou.

Nomenclatura

Outra novidade é que as unidades de ensino passarão a ser nomeadas de forma diferente. A escola que oferta somente ensino fundamental passará a ser designada como Colégio Estadual Cívico-Militar. As que ofertam ensino médio passam a ser Centro Estadual de Ensino Médio Cívico-Militar.

O diferencial dessas unidades é que elas contam com direção e coordenação disciplinar da Polícia Militar e coordenação pedagógica e corpo docente da Seduc. Atualmente o Estado conta com 12 colégios e mais de 7.600 estudantes atendidos nesta modalidade.

Post Anterior

Governo do Estado paga servidores nesta quinta

Próximo Post

Febre Aftosa: produtor tocantinense poderá comprovar vacinação pela internet