0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 24/06/2022 08:55

A Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) apresentou, para cerca de 50 empresários tocantinenses, o edital FINEP/MCTI Amazônia e as linhas de crédito direcionadas para projetos de inovação nas temáticas bioeconomia e transformação digital. A apresentação do edital, que está na segunda etapa, foi realizada pelo gerente regional Norte da FINEP, Kallil Langle Castro Maia, em evento ocorrido na sede da Federação em Palmas, nesta quinta-feira (23/06). 

A seleção deve conceder recursos para o desenvolvimento de produtos, processos e/ou serviços inovadores dentro das linhas temáticas. O prazo para envio da proposta vai até o dia 15/07. Cada empresa pode pleitear um projeto por CNPJ, podendo receber recursos com valores que variam de R$ 200 mil a R$ 3 milhões, a depender do porte da empresa. 

Como o recurso não é uma linha de crédito, a empresa não precisa pagar. “A empresa, tendo o projeto aprovado, recebe o recurso e a única coisa que ela vai ter que prestar conta é se o recurso foi bem aplicado e se o projeto teve o resultado esperado”, pontuou o gerente regional Norte da FINEP, Kallil Langle Maia. Podem participar empresas brasileiras de qualquer porte e sediadas na Região Norte do Brasil, individualmente ou em conjunto com outra empresa brasileira, também sediada na Região Norte do Brasil. “Cada região do país tem suas vocações. As empresas do Norte têm uma capacidade maior para lidar, por exemplo, com a bioeconomia, pois a matéria prima está na floresta. E esse edital foca nessas vocações e capacidades específicas”, disse Maia. 

A FIETO entende que editais assim, como o FINEP/MCTI Amazônia, promovem inovação e sustentabilidade e é parte do papel da Federação, por meio do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC), aproximar os empresários das instituições financeiras. “Desde quando nós [FIETO] iniciamos a pesquisa ‘Sondagem Industrial’, lá em 2007, o acesso ao crédito é apontado como os principais gargalos da indústria. Então, por isso, nós temos esta área, para fazer a aproximação entre os empresários e as instituições financeiras. E, por isso, a gente fez esta pareceria com a FINEP, para divulgar os editais. Quando a gente faz esses eventos, essa aproximação, nós conseguimos despertar interesse do empresário tocantinense para inovar e participar dos editais”, disse a gerente da FIETO/NAC, Amanda Barbosa. 

A gente vem buscando, cada vez mais, inovar e melhorar o nosso processo produtivo. Então, o acesso ao crédito e aos editais de subvenção vem para fortalecer mais ainda essa nossa intenção, que é a de sempre buscar produzir algo diferente que venha, no futuro, a gerar coisas boas para nós, que estamos no mercado, e para quem busca qualidade. E é interessante perceber que a FINEP, em parceria com a FIETO, está trazendo isto para a região Norte e crescendo junto com a inovação do país”, pontuou o empresário Wilandio de Almeida. Além dos empresários, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Gustavo Bottos

Projetos e Linhas temáticas

Sob o tema Bioeconomia, o edital busca projetos com base na utilização inovadora e sustentável de recursos naturais para a criação de produtos, processos e serviços em áreas como saúde humana e animal, agricultura, pecuária, processos industriais, cosméticos, química, energia e biotecnologia, entre outros. 

Em Transformação Digital, a seleção terá como foco projetos de inovação que utilizem ao menos uma das Tecnologias Habilitadoras conjunto das principais tecnologias envolvidas no processo de digitalização das empresas. Exemplos disso são Big Data e Analytics, robôs autônomos, Internet das Coisas, realidade aumentada, computação em nuvem, etc. 

Valores e Classificação por porte da empresa

Microempresa:  até R$ 1.000.000,00

Empresa de Pequeno Porte até R$ 2.000.000,00

Demais Portes Acima até R$ 3.000.000,00

Post Anterior

Fora do MEC, Ribeiro receberá do governo federal R$ 26 mil por 6 meses

Próximo Post

Ministro da Defesa apresenta notícia-crime contra Ciro Gomes por acusações contra Forças Armadas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.