Home»Destaque»Ferrari e Lamborghini suspendem seus negócios na Rússia

Ferrari e Lamborghini suspendem seus negócios na Rússia

Além das marcas de carros de luxo, a Rolex anunciou que deixará de exportar relógios para o país em razão da invasão da Ucrânia pelas tropas russas.

Atualizada em: 09/03/2022 06:55

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

No mesmo dia em que McDonald’sStarbucks e Coca-Cola anunciaram a suspensão de suas vendas para a Rússia, duas grifes italianas de carros de luxo, Ferrari e Lamborghini, interromperam relações comerciais com o país em razão da invasão da Ucrânia.

Em comunicado divulgado nesta terça (8), a Ferrari disse que planeja doar 1 milhão de euros para apoiar os cidadãos ucranianos necessitados durante a crise.

Em nota de teor semelhante, a Lamborghini condenou a invasão russa e disse que planeja fazer uma doação ao Acnur, a agência da ONU para refugiados: “À luz da situação atual, os negócios com a Rússia foram suspensos”.

Segundo a agência Bloomberg, outra grife de luxo, a fabricante de relógios Rolex, também anunciou a interrupção das suas exportações para a Rússia.

Em nota, uma porta-voz da companhia suíça afirmou que os únicos relógios Rolex atualmente vendidos no país são de varejistas locais independentes e de propriedade privada, com estoque entregue antes da invasão da Ucrânia.

Post Anterior

Depois do Mc Donalds outras cadeias de fast food fecham as portas na Rússia

Próximo Post

Direito ao esquecimento não justifica obrigação de excluir notícia de site, diz STJ