0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/04/2018 16:03

O vereador Tiago Andrino(PSB) não participará do velório do ex-deputado federal Júnior Coimbra, que é realizado desde as 9h15 da manhã desta sexta-feira, 27, no hall da Assembleia Legislativa. Andrino informou que permanecerá em “repouso até que seja feita a avaliação completa da lesão cervical”.

Trevo onde ocorreu o acidente. Reprodução Google Maps

O acidente que vitimou o ex-deputado federal foi na TO-070, ontem, 26, por volta de 19h. Ele retornava de compromisso político da campanha ao governo do Tocantins, do ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha(PSB). No veículo também estavam o ex-secretário de Segurança, Defesa Civil e Trânsito, coronel Ribamar de Amorim Pereira e o ex-secretário de governo da capital, Adir Gentil. 

Perto do trevo de Sandolândia,  a cerca de 400 km da capital, o carro teria saído da pista e descido uma ribanceira, só parando depois de capotar duas vezes e bater na cerca de uma fazenda.  Júnior Coimbra teria sido lançado para fora do veículo e não resistiu ao impacto, morrendo instantaneamente. Veja como ficou o veículo depois do acidente. 

Confira a nota na íntegra

É com pesar e profunda dor que informo que não poderei comparecer ao velório e sepultamento do amigo Junior Coimbra, ao lado de quem caminhei e com quem dividi sonhos e planos para o futuro. Devido a recomendações médicas em virtude do acidente no qual estivemos envolvidos, devo permanecer em repouso até que seja feita a avaliação completa da lesão cervical para verificar a necessidade de intervenção cirúrgica. Nesse momento, eu, minha família e amigos, seguimos em oração pedindo a Deus que esteja ao lado da amiga Laudecy, dos filhos e demais familiares e lhes traga conforto nesse momento de dor.

Tiago Andrino

Post Anterior

De olho na estrada: começou operação dia do trabalhador da PRF e já teve apreensão de drogas em mochila de passageiro de ônibus

Próximo Post

Comando Geral da PM instaurou procedimentos para esclarecer morte de sargento: assunto é acompanhado pelo Orla Notícias desde cedo