Home»Destaque»Falta de médicos peritos no INSS de Gurupi prejudica quem precisa do benefício

Falta de médicos peritos no INSS de Gurupi prejudica quem precisa do benefício

Muitas pessoas vêm de lugares distantes na tentativa de conseguir o laudo médico.

Atualizada em: 09/11/2017 10:48

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O problema já existe há mais de 6 meses e tem causado prejuízos para diversas pessoas de Gurupi e região que precisam recorrer ao auxílio doença ou aposentadoria por invalidez. Quem busca o serviço é encaminhado a unidade de Palmas que está com a agenda lotada.

A agência do INSS de Gurupi, atende o município e várias cidades da região Sul. Tanto quem busca amparo da previdência para o auxílio doença, quanto para a aposentadoria por invalidez, precisa passar pela perícia médica, pois sem a emissão de um laudo é impossível ser beneficiário.

A estudante Alessandra Surtuoso tem tido dificuldades desde o ano passado, quando sua mãe precisou do atendimento devido a problemas neurológicos. “Em dezembro nós conseguimos realizar a perícia aqui em Gurupi mesmo, porém ela teve refazer algumas vezes e precisamos ir a Palmas, pois aqui a médica não estava atendendo, eles disseram que ela é a única perita do INSS aqui”, contou a estudante.

Alessandra disse ainda que na última terça-feira, 07, ela procurou a agência para marcar uma nova perícia mas só conseguiu agendar para o mês de fevereiro do ano que vem, em Palmas. “ Nós dependemos desse benefício pois só somos eu e ela, estou desempregada e só podemos contar com auxílio para comprar os medicamentos, e arcar com outras despesas”, concluiu.

Muitas pessoas vêm de lugares distantes na tentativa de conseguir o laudo médico. O advogado Uemerson Coelho diz que recentemente lidou com casos de duas pessoas de Jaú do Tocantins, distante 160 km de Gurupi, que precisaram marcar a perícia em Palmas, 230 km de Gurupi.

“Antes buscávamos a agência de Porangatu-GO, porém atualmente lá também o profissional está indisponível, obrigando as pessoas a buscarem o serviço em Palmas, que está congestionado e é preciso agendar para meses adiante”.

Câmara de Gurupi

O assunto repercutiu na Câmara de vereadores de Gurupi quando o vereador André Caixeta (PSB) apresentou requerimento pedindo esclarecimentos à gestora da unidade. “O desumano é que boa parte das pessoas que necessitam do benefício não têm condições econômicas ou físicas para se deslocarem para outras localidades”, reclamou o vereador.

Em resposta ao requerimento a gestora da agencia, Sonimar Lacerda, informou que a unidade está sem médico desde o mês de maio e que solicitou ajuda de agências de outras cidades para disponibilizar por 30 dias um profissional a partir do dia 20 deste mês. “ A previsão é que não teremos médico perito definitivo até se realize um concurso público para suprir a lacuna existente”, afirmou.

Post Anterior

Orla TV: presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, fala sobre situação financeira de municípios

Próximo Post

Durante encontro em Gurupi: Ricardo Amorim fala sobre "A indústria da perspectiva de saída da crise"