0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 10/04/2019 09:54

A BRK Ambiental, concessionária de abastecimento e saneamento, informou ao Portal Orla Notícias nesta quarta-feira, 10, que ainda não foi notificada da ação civil pública proposta pela Defensoria Pública e Ministério Público que cobra a regularização do fornecimento de água potável encanada em Dianópolis, a 320 km de Palmas(TO), no sudeste do Estado. 

Ação civil pública pede que BRK Ambiental forneça água potável a moradores de Dianópolis

Para as duas instituições, devem ser “adotadas medidas que resolvam definitivamente os problemas dos níveis de potabilidade da água, assim como a interrupção do fornecimento de água que ocorre todos os anos, principalmente no período chuvoso”.

A crise no abastecimento registrou um período mais forte de 18 a 23 de março deste ano, diz a ação, e a falta de prestação do serviço causa “danos irreparáveis às pessoas, principalmente aos menos favorecidos economicamente”. 

A nota da BRK Ambiental justificou que a interrupção no abastecimento “ocorreu devido à problemas no sistema de distribuição”, mas o serviço já está normalizado. Segundo a companhia, as informações acerca do ocorrido foram prestadas aos órgãos e à população. (Confira a nota na íntegra). 

 

NOTA

A BRK Ambiental informa que ainda não foi notificada sobre a ação. Quanto ao abastecimento em Dianópolis (TO), a interrupção ocorreu devido à problemas no sistema de distribuição e o serviço já está normalizado. Na ocasião, a empresa prestou informações aos órgãos e à população e continua à disposição para esclarecer dúvidas sobre o ocorrido.

Post Anterior

Art'Sacra encenará Paixão de Cristo sob o olhar feminino: espetáculo será na Praça dos Girassóis

Próximo Post

PC investiga conflito envolvendo prefeito e vereador em São Bento: marcas dos tiros já foram periciadas