0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 19/06/2022 16:21

Em resposta ao Ministério da Defesa, o ministro Edson Fachin , presidente do TSE, reiterou o convite ao representante das Forças Armadas, general Heber Garcia Portella, para a reunião desta segunda-feira (20) da Comissão de Transparência das Eleições.

No documento, Fachin reafirmou que a maioria das sugestões apresentadas à comissão foram acolhidas, “indicando o compromisso público da Justiça Eleitoral com a concretização de diálogo plural não apenas com os parceiros institucionais, mas também com a sociedade civil”.

Segundo levantamento produzido pelo gabinete de Fachin, o TSE acolheu de forma completa ou parcial 10 das 15 propostas feitas por representantes das Forças Armadas

Ao todo, a Comissão de Transparência das Eleições, instaurada pelo TSE em setembro do ano passado, acolheu 32 das propostas recebidas. Ou seja, um terço das sugestões aprovadas é de autoria dos militares.

 

Post Anterior

Partidos antigos encolhem e novatos ganham força; Republicanos se destaca

Próximo Post

Lula: “Fico triste com Forças Armadas batendo continência para quem foi expulso do Exército”

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.