0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/05/2020 16:48

Diferente de outros setores da economia brasileira, as exportações referentes ao agronegócio não foram afetadas ao decorrer do mês de março.

Segundo levantamento publicado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), as vendas externas totalizaram US$ 9,29 bilhões, uma expansão de 13,3% em relação a março do ano anterior (US$ 8,20 bilhões), marcando em crescimento de valores absolutos a quantia de US$ 1,09 bilhão.

De acordo com o MAPA, a crescente ocorreu devido o aumento da quantidade exportada (18,8%). No entanto, houve uma queda de 4,7% no índice de preço dos produtos exportados, de acordo com a Balança Comercial do Agronegócio, elaborada pela Secretaria de Comércio e Relações Internacionais (SCRI) também do Ministério.

Os principais produtos responsáveis pelo incremento das exportações foram a soja em grão (US$ 3,98 bilhões), e a carne bovina in natura (US$ 555 milhões). Neste período, como explica a SCRI, a participação da China nas exportações agropecuárias brasileiras passou de 34,2% (março/2019) para 41% (março/2020), sendo o País asiático o principal destina dos envios de soja e carne bovina in natura.

Ainda segundo o MAPA, as vendas do grão para o mercado chinês subiram de 5,9 milhões de toneladas (US$ 2,10 bilhões) para 8,8 milhões de toneladas (US$ 3,02 bilhões). Assim como as aquisições da proteína bovina, com US$ 451,45 milhões (+101,1%), praticamente, a terça parte do valor total exportado pelo Brasil, ante ao mesmo período de 2019 (US$ 224,52 milhões). Fonte: MAPA

Post Anterior

Aneel mantém bandeira verde na energia elétrica até dezembro

Próximo Post

TCU quer que Estados compartilhem dados com governo federal