0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 17/06/2019 14:20

No próximo dia 7 de julho, 200 corredores vão desbravar o parque do Jalapão, um dos lugares mais paradisíacos do país e primeiro palco da jornada Bota Pra Correr Olympikus. Perto do desafio, surgem a ansiedade e muitas dúvidas quanto à preparação para correr os 10 km e 21 km dessa experiência.

Por isso, o treinador Ademir Paulino dá algumas dicas e esclarece algumas questões do percurso para fazer bonito no Jalapão. Confira:

Consistência, a chave para o sucesso

Segundo Paulino, seguir a rotina de treinamento é essencial para não sofrer no dia da prova. “Esse é o principal motivo para sua evolução na corrida. Não existe treino ‘milagroso’ — o que mais tem impacto no nosso condicionamento fisico é a frequência consistente de treinos”, afirma.

Treine em condições parecidas com as do desafio

Corra em horários que simulem o clima que enfrentará na prova. No Jalapão, a previsão é de altas temperaturas, que podem pesar no desempenho se o participante não estiver habituado. “O corpo precisa se adaptar a essa condição. Por isso, treine em horários que apresentem a condição climática do evento”, reitera o treinador. O terreno é igualmente importante para evitar surpresas. A prova possui percurso de estrada de terra seca batida, que é mais macia do que o asfalto. Dessa forma, procure encaixar seus treinos em locais com essa característica.

Aspecto mental: parte vital do treino

Treine sua mente — esse ponto é fundamental. “A minha sugestão é você fazer exercícios de visualizações, ou seja, imaginar-se no evento, com o máximo de detalhes possíveis. Além da visualização, durante os treinos permaneça consciente no que está fazendo para aproveitar o momento presente”.

 Varie os estímulos

Corra em percursos variados de altimetria. Além de ajudar a melhorar a condição física, vai preparar você para os trechos de subida e descida do percurso do Jalapão.

Escolha um tênis adequado

O melhor tênis é aquele que nem parece que está nos seus pés. Não pode causar nenhum tipo de incômodo, tampouco ponto de atrito e deve garantir estabilidade e amortecimento (caso você não seja adepto do calçado minimalista). A principal dúvida é quanto à escolha do calçado para o Jalapão: precisa ser um específico para trilhas? A resposta é não. Você pode eleger um modelo que já costuma utilizar em treinos e provas. A Olympikus possui uma linha completa de running para esse desafio, como o Pride 2 e o Challenger 2.

Descanse antes do grande dia

A semana que antecede o evento é a fase de descanso. Se mantenha ativo, mas evite fazer treinos longos e ou intensos. “A sugestão também é não fazer musculação. Assim você chegará descansado e poderá trabalhar para sua melhor performance”, finaliza Paulino.

Sobre o Bota Pra Correr Olympikus

A jornada é um convite para uma experiência além da corrida. Explorar locais inusitados do Brasil, testar novas tecnologias e se conectar com novos corredores é o propósito da Olympikus para democratizar a corrida. O Jalapão é a primeira parada dessa viagem pelo país, para descobrir os encantos da paisagem em percursos de 10 km e 21 km. Além do Jalapão, o Bota Pra Correr Olympikus marcará presença em outros dois locais emblemáticos do Brasil, que logo serão revelados ao público.

 

Post Anterior

Governo libera ponte de Porto Nacional para veículos leves após conclusão de melhorias na estrutura

Próximo Post

Superintendência de Cultura fecha agenda para o projeto Sexta Cultural