0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 24/05/2019 11:13

Durante o evento de comemoração ao Dia da Arma de Infantaria na manhã desta sexta-feira, 24, no 22° Batalhão de Infantaria do Exército em Palmas, o mal estar de um aluno-soldado chamou a atenção dos presentes. Ele foi amparado por outros militares e retirado da apresentação.

A programação estava marcada para começar às oito horas da manhã, quando fazia 29 graus, mas sofreu atrasos. O jovem passou mal durante o desfile dos militares, segundo contou uma pessoa que participava do evento ao Portal Orla Notícias

A cerimônia constou de leitura da ordem do dia feita pelo comandante da unidade, formatura geral da organização militar, honras militares a várias autoridades e desfile da tropa.

Dia da Infantaria é uma das comemorações mais tradicionais do Exército, porque lembra a data do aniversário do patrono, Antônio Sampaio.  Infantaria é a mais antiga arma do Exército e é formada por soldados que podem combater em todos os tipos de terreno e sob quaisquer condições meteorológicas, além de poderem utilizar vários meios de transporte para irem para o campo de batalha.

O 22º Batalhão de Infantaria do Tocantins é comandado pelo tenente coronel Carlos Gabriel Brusch Nascimento, desde janeiro deste ano. 

Post Anterior

Déficit de R$ 48 milhões: Mais de 225.500 veículos estão com o IPVA atrasado no Tocantins

Próximo Post

Atenção no trânsito: Seisp inicia obras e motoristas devem usar desvio entre a Avenida L0-12 e NS-10