0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 09/03/2022 07:20

Empresas chinesas que desafiarem as restrições dos EUA contra a exportação para a Rússia podem ser cortadas de equipamentos e softwares norte-americanos, disse nesta terça-feira a secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo ( foto ), ao New York Times.

Washington está ameaçando adicionar empresas a uma lista negra de comércio se elas contornarem novas restrições de exportação à Rússia.

Se os EUA descobrirem que uma empresa como a Semiconductor Manufacturing International Corporation está vendendo chips para a Rússia, “nós poderíamos essencialmente fechá-la porque impedimos que eles usem nosso equipamento e nosso software”, disse ela ao jornal.

Post Anterior

Governo deixará de arrecadar R$ 19 bilhões por ano com IPI reduzido

Próximo Post

Subsídio a combustível ganha força contra vontade da área econômica