Home»Destaque»Energisa recebe mais de 20 mil visitantes na Agrotins 2019

Energisa recebe mais de 20 mil visitantes na Agrotins 2019

Atualizada em: 16/05/2019 16:48

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A participação da Energisa na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2019) foi um sucesso. Mais de 20 mil pessoas passaram pelo espaço que a distribuidora preparou para receber seus clientes em uma experiência única.

Recebidos pela a companhia de teatro Art Palco e as histórias da ‘Família de Energia’, o público aprendeu sobre segurança com a rede de energia, eficiência energética e viu de perto experimentos com energia elétrica, estática e sobre energia mecânica e geração de energia eólica e solar.

As atrações chamaram a atenção de estudantes e instituições de ensino, por promover conhecimento e educação, com experimentos com eletricidade como a chispa ascendente, bicicleta geradora, pilha humana, mini usina de geração de energia eólica, energia solar fotovoltaica, condutores e isolantes, e o gerador de Van der Graaf.

André Rincon, diretor de Inovação e Empreendedorismo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO) e professor na instituição que levou algumas caravanas de estudantes para a feira, destacou que foi uma oportunidade de integração e de conhecer pessoalmente a aplicação dessas tecnologias.

“O estande da Energisa foi muito interessante pois reuniu experimentos que falam do que nós acreditamos ser um potencial para o futuro, que é você aprender e dominar eletricidade e eletrônica. Essa experiência é fundamental para os nossos alunos, ter o contato e ver as aplicações dessas tecnologias. Quanto mais eles puderem conhecer, se informar e interagir com grandes empresas como é o caso da Energisa, melhor será para o futuro deles.”

Junto com os experimentos, a cia de teatro Art Palco e o mascote da Energisa, Zé Luz, usaram o bom humor para falar de um assunto muito sério: segurança com energia elétrica.

“Eles são muito engraçados e foi fácil aprender a mensagem do teatro. Não podemos colocar fogo próximo às redes de energia, temos que evitar colocar fogo no lixo e pastos, pois pode virar um incêndio e isso é crime, além de fazer mal para a saúde de todos nós”, concluiu Mariana Santos Viana, estudante de Esperantina, Norte do Estado.

Post Anterior

Polícia Militar se reúne com representantes de instituições financeiras de Araguatins e Augustinópolis para tratar de reforço na segurança

Próximo Post

Cerca de 10 mil candidatos devem fazer provas do vestibular UFT 2019/2 neste domingo, 19