0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 09/10/2019 17:45

A Energisa é uma das parceiras do projeto Agenda Cidadã 2019, do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE/TO). O projeto acontece nesse mês de outubro em diferentes localidades. Além de Gurupi, mais quatro cidades serão visitadas: Porto Nacional, Paraíso, Guaraí e Araguaína, respectivamente. E a Energisa estará presente em todas as edições, para informar e orientar os gestores municipais. O caminhão Nossa Energia, que percorre todo o estado levando arte, entretenimento e serviços também vai acompanhar o projeto, com espaço para atendimento e esclarecimento de dúvidas sobre o itinerário da Energisa aos participantes.

“A Energisa sempre busca estar mais próxima do cliente e com essa oportunidade vamos ao encontro do poder público, estreitando cada vez mais o relacionamento. Sendo assim, mais fácil de tirar dúvidas das prefeituras, orientando sobre a iluminação pública e ainda como minimizar os débitos junto à empresa. É uma aproximação que beneficia todos, principalmente, a comunidade em geral”, disse Roger Pereira, coordenador de Relacionamento da Energisa.

Dentre os assuntos tratados com os gestores estão: implantação da Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (Cosip) e os investimentos realizados pela concessionária no estado, desde 2014, quando assumiu a concessão.

Iluminação pública

Um dos assuntos mais importantes abordados pela Energisa é a Iluminação pública, principalmente porque muita gente tem dúvidas sobre de quem é a responsabilidade de iluminar praças e vias das cidades. Por meio de palestras aos prefeitos, a concessionária explica que a Constituição federal, nos artigos 30 e 149, e a resolução nº 414/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), no artigo 21, colocam as prefeituras como responsáveis por todo o processo de iluminação pública.

Os municípios são responsáveis pela manutenção, reparos, melhorias e extensão das redes de iluminação pública da cidade. A Energisa, por sua vez, tem a obrigação de arrecadar a contribuição de iluminação pública, por meio das contas de energia, e repassar, integralmente, os valores às prefeituras. A concessionária não tem nenhuma participação na definição desses valores.

Para solicitar manutenção na rede de iluminação pública ou instalação de novos pontos, entre em contato com a prefeitura do seu município. Caso você identifique falha na rede ou fios caídos, jamais se aproxime e não permita que outras pessoas se aproximem, pois podem estar energizados e provocar choques elétricos. Comunique à Energisa imediatamente.

Post Anterior

Senado aprova projeto de Kátia Abreu que exige laudo psicológico para soltura de agressor de mulher

Próximo Post

Procon divulga balanço da Semana de Renegociação de Dívidas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *