0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/06/2022 20:00

O Brasil registrou 96 mortes e 50.272 infecções por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundos dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), divulgados nesta segunda-feira (20).

Com isso, a média móvel de casos, que considera os últimos sete dias, chegou a 36.775. Esse número representa um aumento de 163% no período de um mês.

Para fins de comparação, em 20 de maio o indicador estava em 13.953.

O Conass também informou que a média móvel de mortes ficou 140.

Esses números permitem o acompanhamento da situação epidemiológica do país sem eventuais distorções causadas por possível subnotificação aos fins de semana ou problemas no acesso às bases de dados.

Com a nova atualização, o país tem 669.161 vítimas fatais da doença e 31.754.465 contaminações por Covid.

Na 24ª semana epidemiológica, que considera os entre 12 e 18 de junho, foram notificadas 248.365 infecções por Covid.

4ª dose para pessoas a partir de 40 anos

Ministério da Saúde ampliou, nesta segunda-feira (20), a recomendação para a segunda dose de reforço contra a Covid-19 para pessoas com 40 anos de idade ou mais, que iniciaram o esquema vacinal com a Coronavac, Pfizer ou AstraZeneca.

A orientação do Ministério da Saúde é que a imunização seja feita com as vacinas da Pfizer, AstraZeneca ou Janssen, após o intervalo de quatro meses da aplicação do primeiro reforço. Com a inclusão dessa faixa etária, aproximadamente 9 milhões de pessoas deverão se vacinar novamente.

Post Anterior

Apesar da ameaça de Zé Trovão, caminhoneiros descartam paralisação

Próximo Post

Defesa diz que Forças Armadas indicarão representantes para fiscalizar sistema de votação

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.