0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 15/05/2018 17:40

Em nova sessão iniciada às 17h, nesta terça-feira, 15, os juízes do Tribunal Regional Eleitoral analisam o pedido de registro de candidatura ao governo do Tocantins, nas eleições suplementares, de Carlos Amastha(PSB), da Coligação “A Verdadeira Mudança”.

Neste momento, o juiz Rubem Ribeiro de Carvalho, que havia pedido vistas do pedido na sessão de ontem, apresentou a análise que fez, para dar o voto. “Diferentemente do contido no rol do relator, o candidato se desincompatibilizou no dia 3 de abril, momento em que este Tribunal já preparava regras para as eleições suplementares”, destacou. Depois de fazer uma exposição aprofundada, Carvalho votou pela procedência das impugnações apresentadas pelas coligações concorrentes, e, por conseguinte, também, pelo indeferimento do registro da candidatura de Amastha. O relator do pedido é o juiz Agenor Alexandre, que é favorável à liberação do registro de candidatura para o pessebista.

Acompanhe ao vivo.  

Post Anterior

Jovem de 19 anos apontado como responsável por polo de distribuição de drogas é preso na região sul de Palmas

Próximo Post

TRE nega pedido de registro de candidatura a Carlos Amastha: saiba mais