0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/01/2020 16:01

Três candidatos solicitaram registro de candidatura para concorrerem na eleição suplementar do município de Pugmil, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO). Para o cargo de prefeito, se cadastraram junto ao cartório da 7ª Zona Eleitoral os candidatos Dircineu Francisco Bolina (PSDB), Nazaré Amâncio de Souza (Cidadania) e Valmor Hagestedt (PSB).

Conforme o calendário eleitoral, o prazo para apresentação de impugnações das candidaturas é de cinco dias após a publicação do edital, conforme Lei nº 4.737/65, art. 97 e Lei Complementar nº 64/90, art. 3º. Já os pedidos de registro de candidaturas deverão ser julgados até o dia 26 de janeiro.

A votação será no dia 2 de fevereiro e os eleitos serão diplomados até o dia 14 de fevereiro.

Entenda

A eleição suplementar acontece após o julgamento de uma Reclamação pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em novembro deste ano, mantendo a decisão do TRE-TO que cassa os diplomas de Maria de Jesus Ribeiro da Silva Mendes e Elton Barros Coelho, eleitos em 2016, em decorrência de captação e gastos ilícitos de recursos e abuso de poder econômico na campanha.

Em 2 de dezembro de 2019 a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) aprovou a Resolução nº 458/2019, que fixou as datas do calendário eleitoral e traz instruções relativas ao pleito.

Post Anterior

Corpo de Bombeiros alerta banhistas sobre cuidados com cabeça d’água nas cachoeiras da região

Próximo Post

No Tocantins, cerca de 800 novas famílias são selecionadas para receber Bolsa Família a partir de janeiro, segundo a Setas