0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/10/2019 17:19

Mais de 20 mil eleitores compareceram aos 18 locais de votação para a escolha dos novos membros do Conselho Tutelar de Palmas, para o quadriênio 2020/2023, neste último domingo, 06. A apuração aconteceu na ETI Eurídice Ferreira de Mello, no setor Aureny III, e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Palmas (CMDCA) tem até quarta-feira, 09, para divulgar o resultado preliminar da eleição.

E o resultado definitivo deve ser divulgada até o dia 30 de outubro. O presidente do CMDCA, Claudiney Leite de Souza, explica que esse é um processo demorado, uma vez que ainda cabem recursos. Dos 83 candidatos que participaram do processo de escolha, foram escolhidos 20 titulares e 20 suplentes, sendo cinco titulares e cinco suplentes para as seguintes regiões da Capital: Norte, Central, Sul I e Sul II.

Os candidatos que se sentirem prejudicados poderão entrar com recursos no período de 09 a 11 de outubro, e a comissão eleitoral tem de 14 a 16 de outubro para julgar os pedidos de impugnações. No dia 18 será divulgado o resultado do julgamento, e os candidatos terão de 21 a 23 de outubro para interpor recursos quanto ao julgamento das impugnações. Já no dia 28 será divulgado o resultado do julgamento dos recursos e no dia 30 de outubro de 2019 será a proclamação do Resultado Final da Eleição para o Conselho Tutelar de Palmas.

A votação ocorreu em urnas eletrônicas cedidas pela Justiça Eleitoral, observando as disposições das resoluções expedidas pelo Tribunal Superior Eleitoral e Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Tocantins. A posse dos novos conselheiros tutelares está prevista para o dia 10 de janeiro de 2020, conforme previsto no Art. 50 da Lei Municipal nº 1553, de 11 de junho de 2008; e resolução nº 170, de 10 de dezembro de 2014, quando tomarão posse os 10 candidatos mais votados por região, sendo cinco titulares e cinco suplentes.

Araguaína 

Moradores de Araguaína foram às urnas neste fim de semana para escolher dez conselheiros tutelares para o quadriênio de 2020 a 2023. Os aprovados serão empossados no próximo dia 10 de janeiro de 2020, sendo cinco titulares e cinco suplentes. O processo contou com a participação de 46 candidatos. Foram registrados 28.378 votos válidos.
 
Segundo a diretora de Proteção Básica do Município e vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araguaína (CMDCA), Eidila Augusta Mesquita, as eleições tiveram participação consciente da população. “Não houve denúncia de boca de urna, foi uma votação calma e exemplar”, afirmou.
 
Entre os cinco primeiros mais votados, que devem assumir o cargo de titular, estão: Fernando de Jesus, com 2.188 votos (7,71%), Adriana Morais, com 1.493 (5,26%), Renata Rego, com 1438 (5,07), Luciana Santos, com 1391 (4,90%) e Fabiane, com 1312 (4,62%). O 1º lugar, Fernando de Jesus, esteve como suplente no último mandato. Já Adriana, Renata e Fabiane foram reeleitas como titulares.
 
Do 6º ao 10º mais votados ficaram os candidatos que devem assumir como suplentes do Conselho Tutelar. Entre eles estão: Thallita Marinho, com 1298 votos (4,57%), Karlla Jordana, com 1255 (4,42%), Jorge Eduardo, 1002 (3,53%), Erika Amaral, com 946 (3,33%) e Samuel Oliveira, com 865 (3,53%).

Paraíso do Tocantins 

Foram eleitos 5 conselheiros titulares e os 5 suplentes que irão atuar no Conselho Tutelar a partir de 2020. As eleições foram coordenadas pelo Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA) e Prefeitura de Paraíso e contou com a participação de 16 candidatos. As eleições aconteceram no Centro de Ensino Médio José Alves de Assis (Centro), Colégio Estadual São José Operário (Setor Jardim Paulista) e Colégio Estadual Professor José Nezio Ramos (Setor Pouso Alegre) e contou com o total de 3.354 eleitores.

De acordo com informações do CMDCA, o processo ocorreu de forma tranquila, sem ocorrências graves. A apuração também aconteceu sem transtornos, sendo acompanhada por representantes do Ministério Público e fiscais de cada candidato.

Confira lista dos eleitos:

– 1ª Naná da Saúde (549 votos);

– 2ª Pretinha (347 votos);

– 3ª Sinelândia (308 votos);

– 4ª Marineide (300 votos);

– 5ª Leide Amorim (289 votos).

Suplentes:

– 6ª Terezinha (244 votos);

– 7ª Ana Maria (233 votos);

– 8ª Nany (192 votos);

– 9ª Brandalise (177 votos);

 – 10ª Carmem (176 votos).

Demais candidatos

– 11ª Alcy (160 votos);

– 12ª Paulo Sérgio (118 votos);

– 13ª Zoé (113 votos);

– 14ª Mara (66 votos);

– 15ª Alessandra (44 votos);

– 16ª Josy Rodrigues (3 votos).

Votos apurados: 3.354;

Brancos: 08;

Nulos: 27;

Votos válidos: 3.319

Miracema do Tocantins 

Essa foi à primeira eleição de conselheiros tutelares com urnas eletrônicas em Miracema do Tocantins, por meio de uma parceria com o Cartório Eleitoral de Miracema do Tocantins.  Ao todo 10 candidatos participaram do pleito.  Em Miracema 1.410 eleitores compareceram aos locais de votação.

Eleitos:

  1. Cleonice Ribeiro – 210 votos
  2. Carmém Leão – 207 votos
  3. Ilvânia Cerqueira – 179 votos
  4. Josiel Machado – 163 votos
  5. Sara Mota – 149 votos

 

Suplentes:

  1. Elisângela Aquino – 128 votos
  2. Jaciara Santana – 100 votos
  3. Carliane Miranda – 95 votos
  4. Lana Jaqueline – 85 votos
  5. André Bernardes – 72 votos
Post Anterior

Desabamento em Gurupi é investigado pelo conselho de Arquitetura e Urbanismo

Próximo Post

Secretário diz que ''Tare'' dos frigoríficos foram suspensos por irregularidades; reunião com governo e frigoríficos deve acontecer nesta semana

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *