0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/06/2022 12:23

Faltando menos de quatro meses para as eleições, o entorno de Jair Bolsonaro classifica o pacote de medidas anunciado ontem para conter a alta dos combustíveis como um “tudo ou nada” que poderia salvar o presidente da República de uma derrota nas eleições de outubro.

Como noticiamos, Jair Bolsonaro vai zerar as alíquotas de PIS e Cofins para a gasolina e etanol e pretende recompensar governadores que toparem desonerar o diesel e o gás de cozinha com recursos da Petrobras e Eletrobras. O pacotão eleitoral bolsonarista vai custar entre R$ 25 bilhões e R$ 50 bilhões, segundo o próprio Ministério da Economia.

Na avaliação dos aliados do presidente da República, o pacote de medidas pode resultar em uma redução de até R$ 0,50 no preço do litro da gasolina e de até R$ 1 no valor do litro do diesel, o que seria, nas palavras de um integrante do primeiro escalão do governo, um “alento” às vésperas das eleições.

 

Post Anterior

Inadimplência das famílias tem oitava alta consecutiva, diz CNC

Próximo Post

Banco Mundial diminui previsão de crescimento do PIB global

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.