0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 11/09/2019 14:48

Esta quarta-feira (11) é o Dia do Cerrado, bioma que tem 5% da biodiversidade do planeta, mas que ainda é pouco preservado no Brasil. O cerrado, além de ser o segundo maior bioma da América do Sul, ainda é riquíssimo em biodiversidade. Nele, já foram identificadas quase 12 mil espécies de plantas, além de outros milhares de tipos diferentes de peixes, anfíbios, répteis, aves, borboletas e outros animais.

No entanto, segundo o Ministério do Meio Ambiente, pouco mais de 8% do Cerrado é legalmente protegido por unidades de conservação. A maioria das unidades é de uso sustentável.

O geógrafo e professor da Universidade de Brasília (UnB), Fernando Luiz Sobrinho, destaca que mesmo nas propriedades do cerrado de uso comercial é necessário que uma porcentagem da área seja preservada.

Das 12 mil espécies de plantas do cerrado, mais de 400 podem ser usadas na recuperação de solos degradados. Outras 200 têm uso medicinal. E as riquezas do bioma não param por aí. São tipicamente dele, frutos de sabor inusitado e nutrientes a perder de vista como o pequi, buriti, mangaba, cagaita, araticum e barú.

Post Anterior

Tocantins registra mais de 200 acidentes envolvendo postes em 2019; Energisa lança campanha para reduzir número

Próximo Post

Iury Mendanha, acusado de matar ex-namorada a tiros próximo a shopping em Palmas continua em prisão preventiva pela 1ª Câmara Criminal 

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *