0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 04/07/2019 08:35

Com a expectativa de reunir 2,5 mil pessoas, sete cooperativas e 150 voluntários, o Dia de Cooperar (Dia C) na Capital será realizado no dia 06 de julho, no bairro do Taquari, das 8h30 às 11h30, na Escola Estadual Maria dos Reis Alves Barros.

Serão oferecidos a comunidade diversos serviços gratuitos de cidadania, educação, lazer, saúde e beleza. Além das atividades, as cooperativas também deixarão uma marca, por meio da reforma da quadra de esportes, que hoje está em estado precário e sem iluminação, e a revitalização da horta da escola.

O Dia C é um movimento nacional de estímulo às iniciativas voluntárias diferenciadas, contínuas e transformadoras, realizadas por cooperativas. Dez anos após sua criação, o movimento já faz parte da agenda estratégica do cooperativismo brasileiro e transforma realidades em todo o Brasil.

Foto: Divulgação.

Cooperativismo brasileiro

As cooperativas, presentes em todo o país, contribuem com a transformação das realidades ao estimular o desenvolvimento sustentável e fazer a parte delas na construção de um mundo mais justo, feliz e equilibrado. Por isso, o cooperativismo brasileiro realiza anualmente diversas iniciativas de responsabilidade social em todo país. Por meio do movimento Dia de Cooperar (Dia C), as cooperativas já realizaram mais de 10 milhões de atendimentos, beneficiando milhões de pessoas em dez anos.

Em 2019, as iniciativas continuam e, para comemorar o sucesso alcançado, as cooperativas, com o apoio do Sistema OCB/TO, realizarão no Dia Internacional do Cooperativismo, 6 de julho. Em Palmas, o Dia C será realizado com a participação das cooperativas Unimed Palmas, Sicredi União MS/TO, Sicoob Credipar, Sicoob UniCentro Brasileira, Coopanest, Frísia e Coopsget.

Segundo o presidente do Sistema OCB/TO, Ricardo Khouri, o cooperativismo trabalha na linha de frente do desenvolvimento socioeconômico do país. “Celebrar as importantes conquistas que tivemos nos últimos dez anos é a prova de que precisamos acender a fagulha do cooperativismo nas pessoas que estão à nossa volta’’, declara.

Números

Em 2018, em todo o Brasil, 1.706 cooperativas, com o apoio de quase 120 mil voluntários, dedicaram tempo, talento e trabalho para beneficiar mais de 2,2 milhões de pessoas com iniciativas que melhoram a qualidade de vida, a saúde, a educação, o meio ambiente e que estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Post Anterior

Governador Carlesse recebe equipe do rally Sertões e sugere novas rotas para divulgar o Tocantins

Próximo Post

Cardoso é alvo de bolo velas