Home»Notícias do Dia»Devido a onda de violência, prefeitura de Porto Nacional pediu reforço na segurança para o Réveillon 2018

Devido a onda de violência, prefeitura de Porto Nacional pediu reforço na segurança para o Réveillon 2018

A PM informou que haverá intensificação de viaturas na cidade, assim como fiscalização de trânsito no dia e nas vésperas do evento

Atualizada em: 29/12/2017 12:35

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Após onda de violência na última semana em Porto Nacional – cinco homicídios desde sexta-feira, 22 – a prefeitura da cidade pediu reforço no policiamento para a festa de Réveillon. Houve uma reunião entre o prefeito Joaquim Maia, o comando da PM e a diretoria da Polícia Civil, aqui em Palmas, para oficializar o pedido. Em nota, A Polícia Militar informou ao portal Orla Notícias que contará com efetivo diretamente empregado no local do evento, que será no Espaço Cultural Beira Rio, na orla da cidade. Vai haver policiamento ostensivo e preventivo, no dia e nas vésperas do evento, com intensificação das viaturas em áreas residenciais, assim como fiscalização de trânsito, em conjunto com as demais forças de segurança e abordagens a veículos e pessoas suspeitas, pelas equipes da ROTAM e Força Tática.

Relembre

O cabo da PM Rubim Monteiro Lopes foi atacado a pauladas e assassinado a tiros em uma emboscada. O suspeito do crime, Daniel Ferreira de Souza, foi morto por um grupo de pessoas não identificado, enquanto era transferido para Palmas, em uma ambulância.

Mais três – Pedro Oliveira Filho, Douglas Alexandre Costa e Danilo Batista Borges – morreram na noite desta segunda, 25, quando dois homens encapuzados chegaram disparando contra eles na porta de sua casa.

Post Anterior

Órgãos de segurança dão orientações para quem for aproveitar o Réveillon 2018 na Praia das Arnos

Próximo Post

Tirar selfies em excesso pode ser um transtorno?