0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 18/06/2020 15:31

Os deputados aprovaram na última quarta-feira, 17, projeto que trata da indenização por escala extraordinária por serviço prestado por policiais e bombeiros militares. O texto surgiu da MP nº 4/2020, foi anexado a outra proposta semelhante do deputado Olynto Neto (PSDB), e convertido em projeto de lei nas comissões da Casa de Leis.

Conforme a matéria, o governador do Estado fixará o valor da hora de trabalho extra, e as demais questões ficam a cargo dos comandantes gerais de cada corporação. Também estão vedados os casos de pagamento de indenização aos militares licenciados para tratamento de saúde.

Outros projetos

O reconhecimento da ocorrência de estado de calamidade pública em São Salvador é o teor de um projeto de decreto legislativo aprovado na mesma ocasião. 

Em outra matéria, o deputado Gleydson Nato (PTB) altera projeto de lei que institui a Política de Prevenção à Violência contra Profissionais da Educação pública. De acordo com o autor, “a propositura tem a intenção de aprimorar a lei. O diferencial está na instituição de medidas protetivas e procedimentos específicos”.

Homenagens

O dia 26 de março passa a ser Dia Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Epilepsia, por iniciativa do deputado Antônio Andrade (PTB).

Aprovada também a instituição da Semana Estadual de Conscientização e Proteção dos Direitos dos Animais, proposta pela deputada Cláudia Lelis (PV), a ser celebrada a cada ano na semana que inclui o dia 4 de outubro, Dia Internacional do Animal.

Também foi aprovada a instituição do Dia Estadual de Combate à Intolerância Religiosa, a cada 6 de setembro, segundo proposta da parlamentar Vanda Monteiro (PSL). Já a escolha do deputado Júnior Geo (PROS) foi por homenagear os pesquisadores da ciência, a cada 8 de julho. 

Aprovados também títulos de cidadania tocantinense ao juiz eleitoral da comarca de Augustinópolis, Jefferson David Azevedo Ramos, e ao ex-senador pelo Estado do Piauí João Vicente Claudino, propostos, respectivamente, pelos deputados Jair Farias (MDB) e Antônio Andrade.

As cantoras Maiara e Maraísa são as homenageadas da deputada Luana Ribeiro (PSDB) em projeto que concede a elas títulos de cidadania tocantinense. 

Por fim, o parlamentar Elenil da Pena (MDB) obteve aprovação para um projeto de resolução de sua autoria que estabelece critérios para a indicação e concessão de títulos de cidadão tocantinense.

Post Anterior

Parlamentares ouvem secretário da Fazenda sobre venda de ações do Governo em empresa de energia elétrica

Próximo Post

Reunião virtual discute processo de regularização das quadras ASRNE 55 e ASRSE 55

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *