0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 13/07/2022 10:16

O deputado federal Neri Geller (PP-MT) se reuniu nesta terça feira (12.jul.2022) com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Brasília. Um dos principais representantes da bancada ruralista, o congressista tenta viabilizar sua pré-candidatura ao Senado com apoio da federação entre PT, PV e PCdoB.

Embora seja do mesmo partido do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, ambos aliados de 1ª hora do presidente Jair Bolsonaro, Geller alega estar liberado no Estado para compor com Lula. A aliança também tem o apoio do ex-governador Blairo Maggi, também do PP. Ele tem boa relação com Lula.

A federação havia lançado o nome da 1ª dama do governo estadual, Márcia Pinheiro (PV), ao Senado, mas, para fechar o acordo, decidiu indicá-la como a 1ª suplente de Geller.

O grupo, agora, discutirá um nome para o governo do Estado. A ex-reitora da Universidade Federal de Mato Grosso, Maria Lúcia Carvalho, do PCdoB, é o nome indicado pela federação. O senador Carlos Fávaro (PSD-MT) também é cotado. Ele participou do encontro com Lula.

O congressista afirma que sua adesão a Lula se dá em função de ter sido ministro da Agricultura entre 2014 e 2015, na gestão de Dilma Rousseff. “Eu já tinha um vínculo em função de ter sido ministro, de ter ajudado muito o Mato Grosso e o Brasil com a política agrícola que começamos a implementar em 2013, quando eu era secretário”, disse.

O pré-candidato a vice de Lula, Geraldo Alckmin (PSB) também participou do encontro. Desde que aderiu à chapa do petista, o ex-governador recebeu a incumbência de se aproximar do agronegócio. De acordo com Fávaro, ele deve montar uma agenda para as próximas semanas de encontros com o setor.

A aliança do PT com Geller no Mato Grosso poderá ajudar Alckmin a se aproximar de outros ruralistas, com quem ele ainda não tem proximidade. Segundo apurou o Poder360, é também uma forma de pressionar pela adesão de parte do setor a um eventual novo governo Lula.

Post Anterior

Vendas do comércio sobem pelo 5º mês seguido, diz IBGE.

Próximo Post

Trump planejou marcha ao Capitólio e quis apreender máquinas de votação, diz comitê