0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 06/06/2022 09:26

A menos de seis meses da abertura da Copa do Mundo, a seleção brasileira ainda busca o melhor o entrosamento. Pela primeira vez com o quarteto Lucas Paquetá, Raphinha, Neymar e Vini Jr. entre os titulares, a equipe venceu a seleção japonesa nesta segunda-feira (6), por 1 a 0, no Estádio Nacional de Tóquio.

Neymar, de pênalti, marcou o seu 74º gol pela seleção brasileira, três a menos que Pelé contra seleções. O Rei do Futebol marcou ao todo, contra seleções, clubes e também combinados, 95 gols com a camisa verde-amarela.

O esperado time mais leve, mais ofensivo, menos preso à marcação, articulou boas jogadas, mas pouco chutou em gol na primeira etapa. Dribladores natos, Neymar, mais centralizado, e Vini Jr., pela ponta-esquerda, sofreram com as duras faltas do disciplinado time japonês. O goleiro Alisson pouco trabalhou no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o futebol seguiu sonolento para o fuso-horário brasileiro. Aos 17 minutos, Tite então desfez o quarteto de ataque e colocou Gabriel Martinelli  e Gabriel Jesus nos lugares de Vini Jr. e Raphinha. Pouco tempo depois, Richarlison ganhou a vaga de Fred no meio-campo.

Mas o gol saiu mesmo de pênalti. Endo derrubou Richarlison na grande área e, depois de alguma hesitação, o árbitro apitou. Na cobrança, aos 29 minutos, Neymar cobrou com a naturalidade de sempre e abriu o placar, comemorado também por muitos torcedores japoneses  63 mil pessoas estavam nas arquibancadas.

A equipe pentacampeã ainda terá dois amistosos pela frente, em setembro, contra adversários ainda não definidos, antes da estreia na Copa. O Brasil está no Grupo G, ao lado de Sérvia (adversário em 24/11), Suíça (28/11) e Camarões (2/12).

Post Anterior

IGP-M volta a ficar abaixo do IPCA e gera debate sobre indexador do aluguel

Próximo Post

TSE: partidos devem R$ 65,1 milhões por irregularidades nas prestações de contas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.