0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 02/12/2019 16:56

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde, foram notificados este ano 14.045 casos de dengue, aumento de 595% com relação aos casos notificados em 2018 (2.021). Já foram confirmados oito óbitos por dengue e 136 municípios notificaram a doença este ano.

Os dados de Zika vírus cresceram 134%, com 393 registros em 2019 contra 168 de 2018. Já a febre chikungunya teve um aumento menor: 38%, em 2019 foram notificados 296 e em 2018 – 215 notificações. 

A Sala Estadual de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika convocou todos os municípios tocantinenses para realizar ações integradas e simultâneas de controle do mosquito Aedes aegypti, no período de 02 a 06 de dezembro, durante a “Semana Nacional de Combate ao Aedes”. “Sugerimos que sejam executadas ações educativas, de promoção e prevenção, visando ampla mobilização para o controle do vetor; intensificação das ações de inspeções domiciliares; mutirões de limpeza com o objetivo de encontrar e eliminar eventuais focos do mosquito; produção de murais informativos para divulgação das ações de combate ao Aedes, além dos cuidados básicos de prevenção; atividades lúdicas como a realização de oficinas de teatro, apresentações culturais, entre outras”, disse a responsável da Sala Estadual de Controle do Aedes, Renata Braga.

Dia D

O “Dia ‘D’ de Combate ao Aedes” será realizado no dia 06, sexta-feira, às 8h, na Escola Estadual Elizângela Glória Cardoso, em Palmas, onde ocorrerá exposições de trabalhos sobre a temática de combate ao Aedes. O evento é realizado pela Sala Municipal de Combate ao Aedes de Palmas em parceria com o Estado.

Post Anterior

Donald Trump diz que retomará tarifas sobre o aço e alumínio do Brasil e da Argentina

Próximo Post

Começa na terça-feira, 03, campanha de Renegociação de Natal em Porto Nacional

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *