0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/07/2022 10:37

O Prêmio visa identificar, reconhecer e incentivar as empresas lideradas por mulheres, de forma a contribuir e fortalecer a representatividade feminina no segmento industrial do Tocantins. Bem como, inspirá-las a desenvolverem suas ideias por meio do empreendedorismo e dar visibilidade a esses negócios.

Para a palestrante Nilmar Ruiz, o objetivo de trazer o trabalho da Federação ao interior está sendo cumprido em cada etapa do projeto. “Aqui em Tocantinópolis foi também um momento muito especial.  Além da acolhida calorosa, o interesse das mulheres em conhecer e participar do prêmio foi muito grande. Essa experiência de mostrar o trabalho que a FIETO faz para o desenvolvimento de todo o nosso Estado, a necessidade da mulher ocupar os seus espaços e o prêmio, em todas as regiões do Tocantins tem sido muito enriquecedora. Aqui a participação foi muito boa, tivemos a representatividade de diversos segmentos e a oportunidade de envolver as mulheres em um assunto tão importante que é o protagonismo feminino”, reforçou a consultora.

Para Tatiane Tavares, que trabalha com bijuterias, as palavras de Nilmar foram inspiradoras e ao mesmo tempo acolhedoras. “Achei muito importante essa palestra porque estamos no interior e estes acessos são mais difíceis. Aqui há muitas mulheres empreendedoras, então, é de suma importância para cidade que a mulher tenha este reconhecimento e se entusiasme com isso. A mulher precisa desse apoio, de alguém a encorajando. E o exemplo, quando Nilmar diz que fez, que teve quatro filhos, que conseguiu, faz com que eu me sinta capaz”, disse.

Já para Ronaire Caline, empreendedora do segmento de vestuário e também digital influencer na região, a história de vida da palestrante será levada como um exemplo. “Nós mulheres, precisamos ouvir e escutar essas histórias inspiradoras, que nos motiva, nos coloca para cima. O exemplo de vida da Nilmar é incrível, mostra que ela é batalhadora. É muito bom para gente que está aqui no Bico do Papagaio, bem no interior, receber e ouvir uma história com tanta inspiração”, afirmou a empresária de Tocantinópolis.

A programação de lançamento do Prêmio Mulher que Transforma abrange os 139 municípios tocantinenses, divididos em 12 regiões. O prêmio já foi lançado em Arraias, Dianópolis, Gurupi, Ponte Alta do Tocantins e em Porto Nacional. Nesta quarta-feira, 20,será a vez de Araguatins receber a iniciativa da FIETO.

Post Anterior

Embaixada dos EUA diz que eleições brasileiras são "modelo para o mundo"

Próximo Post

Convenção do PDT-TO acontece no dia 05 de agosto, em Palmas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.