0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/06/2022 08:57

Alguém entre os aliados do governo de Jair Bolsonaro precisava dizer o óbvio: segundo a Folha, uma ala ligada ao Centrão vê a iniciativa de pedir uma CPI da Petrobras (foto) como “arriscada, podendo funcionar como um “tiro no pé” e ampliar o desgaste do governo”.

Os integrantes dessa ala, afirma o jornal, também estão em guerra aberta contra a política de preços da estatal, mas consideram a abertura de CPI contraproducente por diversos motivos.

Além disso, observam esses aliados, a investigação nesse tipo de comissão é política e poderá ser usada para atacar o presidente e sua atuação diante da alta de preços dos combustíveis.

“A maioria do conselho da estatal que aprovou o recente reajuste foi indicada por Bolsonaro, que inclusive escolheu o atual presidente, José Mauro Coelho. Dessa forma, dizem expoentes do Centrão, seria difícil, numa CPI, o mandatário não ser associado à disparada nos valores pagos pelos brasileiros nos postos”, assinala o jornal paulistano.

Post Anterior

Brasil tem quatro clubes entre os maiores times do mundo, o Palmeiras lidera; confira

Próximo Post

Aluguel residencial tem alta superior à inflação de maio, indica FipeZap

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.