0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 03/06/2022 12:41

O Ministério da Saúde vai incluir pessoas a partir de 50 anos na recomendação para a aplicação da segunda dose de reforço das vacinas contra a Covid-19. A informação foi antecipada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na quinta-feira (2).

Segundo levantamento  atualizado nesta sexta-feira ( 3 ), a imunização com a segunda dose de reforço para este público foi antecipada no Distrito Federal e em outros três estados: Amazonas, Mato Grosso do Sul e Piauí.

Em Pernambuco, a quarta dose está liberada para pessoas acima de 55 anos.

Outros 15 estados ainda não tem previsão para liberar a aplicação ou aguardam orientação do Ministério: São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Roraima, Tocantins, Acre e Pará.

Sete estados não responderam à solicitação: Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina, Maranhão, Sergipe, Rondônia e Amapá.

O diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Renato Kfouri, avalia que a  ampliação da segunda dose de reforço para pessoas acima de 50 anos é uma medida acertada.

“Não há duvida que indivíduos acima de 50 anos de idade, que muitas vezes já têm uma doença crônica, problema de hipertensão, de diabetes, cardíacos se beneficiariam e muito, bem como profissionais da saúde que, também pela sua exposição, devem receber seu segundo reforço”, disse.

A opinião é compartilhada pela infectologista Luana Araújo. “É importante a gente estender para acima de 50 anos”, avaliou. Segundo ela, o tempo de intervalo desde a última dose e a proporção de pessoas com comorbidades no grupo são fatores que devem ser considerados.

Post Anterior

Engavetamento esmaga carro de passeio, e bombeiros militares auxiliam resgate de motorista

Próximo Post

Governo do Tocantins garante pagamento de adicional noturno e insalubridade para funcionários contratados da Saúde

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.