Home»Comunidade»Consumidores não encontram combustível: Procon verifica se preços estão reajustados por conta da alta demanda

Consumidores não encontram combustível: Procon verifica se preços estão reajustados por conta da alta demanda

Atualizada em: 24/05/2018 10:25

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A gerente de escola de idiomas, Alyne Almeida, passou por mais de quatro postos de combustíveis de Palmas(TO) e ainda não encontrou gasolina para abastecer o carro nesta quinta-feira, 24. Ela contou ao Portal Orla Notícias que percorreu vários estabelecimentos, inclusive no trecho urbano da BR-010, na saída da cidade, e foi informada pelos frentistas que o estoque já acabou.”Agora já era, vamos torcer para que a greve acabe logo”, disse.

Temendo o desabastecimento, como Alyne, centenas de consumidores enfrentaram filas ontem à noite e logo cedo na capital, para abastecer. O Sindicato dos Revendedores de Combustíveis (Sindiposto/TO) confirmou que “por causa da greve já registramos falta de combustível no Tocantins e sabemos que sem esse recurso, a nação tende a parar”. 

Fiscais do Procon percorrem postos da capital e de Lajeado. Foto: Ascom/Procon

Mas além da falta, o consumidor reclama de reajuste no preço depois do início da paralisação dos caminhoneiros. Fiscais do Procon estão de plantão percorrendo os estabelecimentos que ainda tem produto estocado ontem e hoje. “Caso algum estabelecimento apresente alteração no preço do produto e que este tenha sido adquirido antes, será notificado”. Segundo o órgão, os preços da gasolina variam entre R$4,69 e R$4,80 na capital.

O sindicato dos revendedores também se posicionou contra os reajustes “em decorrência da grande demanda”, e destacou que “reajuste do preço por conta da possibilidade de falta do produto é crime”. 
Post Anterior

PRF apreende mais de 24 mil comprimidos de medicamentos sem nota fiscal; entre eles remédios para aborto e contra impotência sexual

Próximo Post

Eleições suplementares: parecer da Procuradoria Eleitoral é desfavorável a Amastha no TSE

1 Comentário

  1. […] Consumidores não encontram combustível: Procon verifica se preços estão reajustados por conta da… […]