0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 01/07/2021 14:31

Após amplo debate e votação nesta quarta-feira, 30, o Conselho Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte (CMAMTT), aprovou a manutenção do valor tarifa do transporte coletivo de passageiros na Capital de R$ 3,85. A proposta segue agora para a chefe do Poder Executivo Municipal, Cinthia Ribeiro, sancionar.

O valor foi sugerido pela Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos de Palmas (ARP) após estudos técnicos realizados pelo órgão, que apontaram que a tarifa não deveria sofrer alterações, já que o ano de 2020 foi bastante atípico por conta do surgimento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo o presidente da ARP, Marcelo Walace, a gestão municipal se empenhou para que não houvesse aumento na tarifa.

Em contrapartida, a Prefeitura de Palmas vai subsidiar a recomposição salarial e atualização dos valores correspondentes ao percentual de 10,22%, que serão pagos aos motoristas e operadores do sistema, sem reajuste há quase três anos.

O Conselho Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte é composto por representantes do poder público e membros da sociedade civil organizada, como a Ordem do Advogados do Brasil, seccional Tocantins, Diretório Central do Estudantes, Câmara dos Dirigentes Lojistas, Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviários e Operadores de Máquinas do Estado do Tocantins (SIMTROMET), Câmara Municipal de Palmas, Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Procon Estadual e Procon Municipal de Palmas.

Post Anterior

Rede municipal de saúde na Capital passa a ter três unidades sentinelas

Próximo Post

Polícia Militar faz uma das maiores apreensões de munições no Bico do Papagaio