0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 17/02/2021 15:00

O Tocantins começou 2021 com o pé direito no balanço de registro empresarial. Em janeiro de 2020, quando ainda o mundo não enfrentava uma pandemia, o Estado teve 1735 empresas abertas. Já no ano atual, mesmo com todas as dificuldades impostas pela Covid-19, houve um aumento: 2432 aberturas empresariais. Foram 697 novos registros em comparação com o mesmo período do ano anterior.
Os dados divulgados pela Junta Comercial do Tocantins (Jucetins) mostram que as medidas do Governo do Estado para proteger a economia dos impactos causados pela pandemia estão gerando resultados. O balanço positivo do primeiro mês deste ano segue a tendência de melhora registrada no ano anterior. Em 2020 menos empresas foram fechadas em comparação ao ano de 2019. 
Presidente da Jucetins, Thaís Coelho, ressalta as medidas do Governo para o aumento da abertura de novas empresas. Foto: Philipe Ramos/Governo do Tocantins.
De acordo com a presidente da Jucetins, Thaís Coelho, as perspectivas para 2021 são animadoras. “O governador Mauro Carlesse não hesitou em tomar as medidas necessárias para combater o vírus e proteger o desenvolvimento econômico do Estado. Isso está fazendo a diferença neste momento. Contra números não há argumentos: o Tocantins consegue atravessar muito bem este momento de dificuldade mundial e novas oportunidades estão sendo geradas para empreendedores”, afirma a presidente.
Principais atividades econômicas
Em janeiro, as 5 atividades econômicas que mais registraram aumento de novas empresas foram, na ordem: comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios; promoção de vendas; minimercados, mercearias e armazéns; comércio varejista de bebidas; e cabeleireiros, manicure e pedicure.
Ranking das cidades
As 5 cidades que mais registraram novas empresas: 
1 – Palmas: 815 empresas
2 – Araguaína: 322
3 – Gurupi: 152 
4 – Porto Nacional: 120 
5 – Paraíso: 104 
Post Anterior

Defesa de Daniel Silveira contesta flagrante e motivos alegados para prisão

Próximo Post

Em carta ao SFT Kajuru diz: "Temos que definir até que ponto um parlamentar pode ir"

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *