0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 19/05/2020 14:06

Com o tema “Cerrado Sustentável”, a Feira Agrotecnológica do Tocantins – Agrotins 2020 100% será realizada nos dias 27, 28 e 29 de maio por meio de uma programação especial transmitida ao vivo pelo site www.agrotins.to.gov.br.

 

Seguindo o viés da sustentabilidade, está marcada para o primeiro dia da Agrotins a palestra “Importância e Conservação do Cerrado Brasileiro”, com os professores da Universidade de Brasília (UNB), Marcelo Kuhlmann e Thainá Zaneti, além do I Simpósio Estadual sobre Agroindustrialização de Frutos do Cerrado.

 

“A discussão sobre agroindustrialização é fundamental para a cadeia produtiva do Estado e se conseguirmos unir ainda mais os conceitos de sustentabilidade, nosso agronegócio vai longe. Atualmente, o Tocantins já ocupa o primeiro lugar na colheita de frutos da região Norte do Brasil. Estamos indo bem”, pontua o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), César Halum.

Pequenos produtores do Tocantins são pioneiros na produção sustentável de alimentos. Foto: Juliano Ribeiro/Governo do Tocantins.

 

Agroflorestas

 

Já no segundo dia de programação, estão marcadas as palestras “Restauração do Cerrado” e “Promoção do Desenvolvimento Sustentável por meio do uso da Biodiversidade e de Sistemas Agroflorestais (SAF) no Bioma Cerrado”, por meio do projeto Bem Diverso.

 

Os sistemas que envolvem a agrofloresta estão começando no Tocantins, conforme destaca o engenheiro florestal Fernando Dorta, que responde pela Gerência de Agroenergia e Floresta da Seagro. “Nos últimos dois anos, a Seagro iniciou um projeto com cursos de capacitação sobre o tema, que tornaram os produtores verdadeiros disseminadores desse conhecimento. Com a agrofloresta, é possível aproveitar dentro das lavouras o bioma nativo, sem desmatar e mantendo espécies tradicionais de nossa região. A medida enriquece mais ainda a área de cultivo, além de ampliar as possibilidades de ganho com a terra”, destaca.

 

Projeto ABC

 

No dia 29 maio, que finaliza a programação da Feira, o tema sustentabilidade estará dialogando com a pecuária e o plantio de soja, por meio da palestra “Plataforma Pecuária de Baixo Carbono Certificada” e com o Projeto ABC (Agricultura de Baixo Carbono) no Tocantins.

 

De acordo com Marcelo Marcelino, gerente de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono da Seagro, o Tocantins é reconhecido na região Norte como o estado que mais apresentou projetos nesta área, e entre os diferenciais para o sucesso estão as parcerias com instituições, como a Empraba e Ruraltins, que traçam estratégias de integração entre a pesquisa e extensão.

 

Novo Coronavírus

 

Diante do cenário de crise com o novo Coronavírus, a Agrotins 2020 100% Digital recebe também a palestra de Gleysson Machado, do Portal do Biogás, que vai abordar de forma inédita o agronegócio sustentável e as possíveis soluções diante da pandemia. “O agronegócio [sustentável] indica que a produção de alimentos descentralizada vai ser importante para resolver o caos gerado pela crise do novo Coronavírus, principalmente na questão de logística e distribuição de alimentos. A ideia é fechar toda a cadeia produtiva de forma integrada, envolvendo o uso de biodigestores, conectando a agricultura com a pecuária”, finaliza.

Post Anterior

Epitácio Brandão Filho anuncia pré-candidatura a vereador de Palmas

Próximo Post

''TO de casa NO ENEM'' começa com 22 mil estudantes tocantinenses inscritos; saiba como participar

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *