0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 09/12/2019 14:59

A comitiva do Tocantins participa até a próxima quinta-feira, 12, de reuniões na Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas para Mudanças Climáticas COP 25. O evento reúne mais de 180 nações para discutir temas em prol das mudanças climáticas. A comitiva irá participar de encontros e eventos paralelos para apresentar a estratégia Tocantins 20-40, o programa Pátria Amada Mirim e transacionar ativos de carbono e buscar investidores para o Estado.

Para os próximos dias, além de reuniões com investidores alemães e de outros países da Europa, está previsto a assinatura do Estado do Tocantins como membro fundador junto ao Acre e Mato Grosso da iniciativa Campeões da Floresta Tropical. A iniciativa faz parte da programação do evento Brasil Moderno, Produtivo e Verde promovido pelo Earth Innovation Institute (EII) e pelos governos do Acre e Mato Grosso.

Campeões da Floresta é uma iniciativa que possui um conjunto de ferramentas para promover parcerias, acesso ao mercado e investimentos que os estados campeões e regiões precisam para ter sucesso. Essas ferramentas estão ancoradas nos princípios e definições da Força-Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas (GCF) para pedir por colaboração e a necessidade urgente de reconhecer, divulgar e apoiar as muitas ações positivas em andamento nas jurisdições subnacionais – ações lideradas por governos, povos indígenas e outras comunidades locais, organizações rurais e empresas.

COP 25. Foto: Divulgação.

Nos dias 10 e 11, ocorre também o Amazon-Madrid realizado pelo Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, no qual governadores e representantes dos estados que compõem a Amazônia Legal discutirão as perspectivas e os compromissos dos governadores para o desenvolvimento de baixas emissões na Amazônia Brasileira. O vice-governador Wanderlei Barbosa estará representando o Tocantins nos painéis de debate.

Post Anterior

Corpo de Bombeiros alerta para golpe de falso e-mail em nome da instituição

Próximo Post

Relatório final da LDO 2020 é aprovado pela Comissão de Finanças, Tributação, Fiscalização e Controle da Capital