0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 03/05/2019 15:48

Após o natal, o Dia das Mães é a data mais esperada pelo comércio. Neste ano, a expectativa é que as vendas aumentam cerca de 15% em relação ao ano passado, de acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas (CDL Palmas). 

“Esperamos que para 2019, as vendas sigam o ritmo de crescimento que estamos notando na nossa cidade desde o ínicio do ano. Apesar de lenta, a recuperação econômica em todo o país já é uma realidade e as intenções de compra no Dia das Mães devem aquecer o comércio”, afirma Silvan Portilho, presidente da CDL Palmas.

78% dos consumidores devem comprar presentes

A data do Dia das Mães aquece o comércio varejista na Capital. Foto: Regiane Rocha.

Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil e repassada para a CDL Palmas, revelou que para o Dia das Mães, que será no dia 12 de maio, cerca de 78% dos consumidores devem comprar presentes. Se tratando de dinheiro em circulação, a expectativa é que, em todo o país, aproximadamente R$24,3 bilhões sejam movimentados nos segmentos de comércio e serviço.

A pesquisa revelou ainda que os produtos campeões de venda devem ser as roupas, calçados e acessórios (42%), perfumes (36%), cosméticos (23%) e chocolates (19%). O ranking ainda é formado por flores (15%), maquiagem (13%), ida a restaurantes (12%) e utensílios de cozinha (12%). Já os itens de tíquete médio mais elevado e, que pesam mais no orçamento, aparecem com menos força, como celulares (10%), eletrônicos (10%) e eletrodomésticos (8%).

Em média, cada cliente deve adquirir entre um e dois presentes e apenas 37% dos entrevistados vão consultar a presenteada para descobrir o que ela deseja ganhar. Considerando a média total de gastos, o brasileiro deve desembolsar R$ 198,79. Para os entrevistados, os fatores que mais pesam na escolha do local de compra são a atratividade do preço (52%), as promoções (40%) e a qualidade dos produtos (39%).

Para os lojistas, o presidente aconselha que invistam em promoções para atrair a clientela. “Desde já, é preciso planejar. É necessário pensar em boas estratégias para alcançar um bom resultado nas vendas”, finaliza Silvan.

Pesquisa de preço

Entre os dias 26 de abril a 02 de maio, oito estabelecimentos comerciais da Capital foram pesquisados pela Secretaria Executiva de Defesa e Proteção aos Direitos do Consumidor – Procon Palmas. 

De acordo com o secretário executivo do Procon Palmas, Dulcélio Stival, o consumidor deve estar atento, pois os comerciantes são obrigados a cumprir as ofertas apresentadas em anúncios ou folhetos publicitários. “Na hora de registrar a compra, observe se o preço equivale à oferta praticada”.

Entre os produtos pesquisados, a maior variação de preços encontrada na área de perfumaria foi com os importados.  O perfume Gabriela Sabatini Parfum, de 30 ml, por exemplo, está sendo  comercializado  entre R$ 89,90 e R$129,00,  e  para o perfume Jadore – Dior Parfum de 100ml, o preço varia  entre  R$ 549,00 a R$ 570,00.

Os produtos pesquisados, os endereços dos estabelecimentos e comparativos de preços podem ser visualizados neste links cestas e perfumaria

Post Anterior

Facebook e Instagram banem grupos e páginas de ultradireita e antissemitas

Próximo Post

Piscina em casa fechada vira criadouro do Aedes aegypti no centro da Capital