0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 10/04/2020 17:39

A construção da nova sede do Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar (CBMTO) já é uma realidade. Os trabalhos foram iniciados e as máquinas podem ser vistas executando os primeiros passos da obra. Para o coronel Reginaldo Leandro da Silva, comandante geral do CBM-TO, “trata-se de um marco para a Corporação, que entrou em seus 28 anos de criação”.

Quem passa pela Avenida JK, chegando ou saindo da Capital, no sentido Paraíso do Tocantins, consegue avistar o movimento nas proximidades do Capim Dourado Shopping. Os trabalhos iniciais, realizados por homens e máquinas, se concentram na remoção de terra para o nivelamento do terreno, que tem 43.750 m². O novo prédio terá área construída de 3.557.79 m².

O coronel esteve no canteiro de obras, acompanhado do tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo, coordenador adjunto da Defesa Civil Estadual, e do major Zerbini, que são engenheiros civis e atuam no projeto desde o início. “Conseguimos superar os entraves burocráticos, tanto junto à Caixa Econômica Federal, (CEF), como no Ministério da Justiça/Secretaria Nacional de Segurança Pública [Senasp], e com isso conseguimos dar início à obra”, comentou o comandante geral.

O coronel Reginaldo Leandro da Silva  ainda destacou o que chamou de “forte ação do Governo do Estado”, por meio de seu Procurador-Geral, Nivair Vieira Borges. ”Estávamos na iminência de perder os recursos [R$ 11.601.607,17] e, atendendo as diretrizes do governador Mauro Carlesse, entramos em contato com o procurador que prontamente nos recebeu e poucos dias depois, já estávamos com a Liminar que garantiu continuidade ao processo”, explicou. “Este início de obra é também um mérito de toda nossa equipe de engenheiros, liderada pelo tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo”, reconheceu o coronel.

Marco

O Corpo de Bombeiros Militar está completando 28 anos de Implantação em 14 de Dezembro de 2020, e para o coronel Leandro, a obra é um marco para a corporação nessas quase três décadas de história. “Durante todo esse tempo, passamos de um prédio para outro e agora estamos dando início à tão esperada construção. É um marco, sem dúvida. Uma obra de valor muito significativo, pois trata-se do primeiro prédio em construção para atender especificamente às demandas de bombeiro”, considerou o coronel, destacando os dois anos de trabalho intensos dos engenheiros do CBMTO junto ao setor de aprovação de projetos da Caixa para ajustar os detalhes do projeto.

“É um projeto vultuoso. Foi trabalhoso cumprir todas as exigências técnicas. Superamos todos os entraves e agora continuamos acompanhando é fiscalizando a execução. É uma conquista muito grande para o CBMTO”, assegurou. O prazo para a conclusão e entrega do novo prédio é de 12 meses.

Outras ações

Nos últimos dias, outra obra extremamente importante para o desenvolvimento das atividades de socorro do Corpo de Bombeiros Militar também teve início. Trata-se da nova sede da Companhia Independente de Busca e Salvamento (CIBS), que agora está localizada em uma área notadamente privilegiada, situada na Orla 14, às margens da Praia da Graciosa, em Palmas. No local, também foi dado início a construção e adequação da nova sede.

“A CIBS já se encontra nas instalações provisórias existentes no local da obra, estando os mergulhadores, guarda-vidas e demais integrantes da Companhia, em condições de pronto emprego, agora em um local estratégico e bem centralizado para os atendimentos, principalmente os aquáticos”, destacou o comandante.

O coronel Reginaldo Leandro da Silva também adiantou que outras obras não menos importantes, principalmente para o público interno, terão início esse ano, como o caso dos alojamentos do 1° BBM, ampliação da academia, e fazendo parte do novo complexo do Centro de Treinamento Operacional (CTO), a construção de uma piscina e uma casa de fumaça, onde os militares em formação e treinamentos diários, poderão simular operações de resgate aquático e combate aos incêndios urbanos.

Post Anterior

Distância de 1,5 metro é pequena para conter contágio, dizem pesquisadores

Próximo Post

Corpo de pescador é encontrado a quase mil metros de rio na zona rural de Natividade