Home»Agronegócio»Com previsão de quase 5 milhões de toneladas, aberto oficialmente o plantio de soja no Tocantins nesta segunda-feira, 13

Com previsão de quase 5 milhões de toneladas, aberto oficialmente o plantio de soja no Tocantins nesta segunda-feira, 13

O Clima de Instabilidades ainda seguem por quase todo o Matopiba neste início de semana, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, com o canal de umidade presente na região, mas sem previsão de fortes chuvas.

Atualizada em: 13/11/2017 17:10

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Por Antônio Neves

Nas outras áreas do país, o tempo segue firme e a previsão é de que nova frente fria mude o cenário apenas no meio da semana. “Teremos uma semana de tempo mais estável, sem chuvas, nos três estados da região Sul, também no Mato Grosso do Sul, em São Paulo e em Minas Gerais. A partir de quinta, instabilidades da região Central tendem a se intensificar novamente”, afirma a chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, Morgana Almeida.

Nas regiões produtoras de grãos, a semeadura segue firme com a chegada das primeiras chuvas em todo país e o aumento da área plantada não deve ultrapassar os 3%.

Nesta segunda feira 13, de novembro pela manhã na Fazenda Conquista no munícipio de Alvorada TO, foi realizada a abertura oficial do plantio da safra de soja 2017/2018, durante o evento foi apresentado aos produtores palestra técnica sobre as perspectivas do setor de produção de grãos no país, com destaque para o Tocantins e a região do MATOPIBA. O sistema integrado lavoura pecuária, previsões climáticas e de mercado da soja, foram os assuntos debatidos com os produtores.

Quanto ao cenário, o secretário de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, Clemente Barros, informou que o evento já é uma tradição e que entre o eixos divulgar o comportamento da agricultura no país, com ênfase para o Tocantins. Ele afirmou que a perspectiva para a produção nacional é reduzir um pouco a safra de grãos, mas que, no Tocantins, a previsão é de crescimento. “Plantamos, no ano passado, 950 mil hectares de soja e a previsão para esta safra que se inicia é a de aumentar a área de plantio para 1,2 milhão. Caso as condições de clima continuem satisfatórias e as chuvas se estendam até o final de maio, deveremos crescer também na produção do milho”, afirmou.

Parcerias

O evento técnico é uma realização do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), com o apoio de parceiros, e contou com a presença da vice-governadora Claudia Lelis, do secretário da Agricultura, Clemente Barros, entre outras autoridades e agricultores da região.

São parceiros no evento, o Governo do Estado, por meio da Seagro, Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins); Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins (Adapec); Instituto de Terras do Estado do Tocantins (Itertins); Governo Federal, por meio do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa); Companhia Nacional de Abastecimento (Conab); Universidade Estadual do Tocantins (Unitins); ABC –Tocantins; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Cooperativa Agropecuária de Pedro Afonso (Coapa); Sistema OCB Tocantins; agências financeiras e empresas privadas.

 

Post Anterior

Orla TV: Presidente CDL Palmas, Davi Gouveia, adianta detalhes da campanha Natalzão

Próximo Post

Celulares roubados em Palmas são devolvidos pela Polícia Civil; veja dicas de segurança