0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 02/08/2022 10:51

Arraias comemorou 282 anos de história nessa segunda-feira, 1º de agosto. A cidade é detentora do título de principal unidade de saúde do sudeste tocantinense com o Hospital Regional de Arraias (HRAR), que abrange a população dos municípios de Combinado, Aurora, Paranã, Novo Alegre, Conceição, Lavandeira e da cidade sede, Arraias. Desde que recebeu aporte na ordem de R$ 641.907,08, recursos do Ministério da Saúde, com contrapartida Estadual de R$ 93.572,99, a unidade passou por reformas. 

A reestruturação no HRAR ocorreu no centro cirúrgico, ambulatório, consultórios, recepção, salas de triagem, assistência social, regulação, nutrição, vacina, Sala Vermelha, procedimentos e de ultrassom (USG), além de pronto-socorro, agência transfusional e da farmácia da unidade.

Para o diretor geral do Hospital Regional de Arraias, Márcio Roberto Alves, as obras permitiram a expansão das atividades da unidade, fazendo com que o Hospital zerasse a fila de espera de cirurgias eletivas no município. “Estamos realizando procedimentos cirúrgicos todos os fins de semana. Com isso, temos alcançado muitas vidas necessitadas e que vem sofrendo devido ao tempo de espera e que ficaram paradas devido à pandemia”, pontuou o diretor.

O quadro do HRAR contava apenas com nove médicos. Esse número quase que dobrou, contando recentemente com 17 profissionais, sendo seis especialistas. A unidade oferece atendimentos na área de pediatria, ginecologia obstetra, urologia, ortopedia, além de ser o único Hospital da região que possui o próprio anestesista. “Pegamos o hospital com 9 médicos e hoje, com a ajuda do Estado do Tocantins, contamos com 17 profissionais, sendo 6 especialistas, incluindo os cirurgiões gerais. Temos uma equipe boa, preparada e equipamentos de ponta para melhor atender a comunidade”, ressaltou Márcio Roberto Alves, destacando que os investimentos do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES) vão para além da reforma física do local, mas também na modernização dos equipamentos.

O vigilante Melquiades Rosa Ribeiro, de 58 anos, conta que participou ativamente na construção da sede do Hospital Regional de Arraias. “Comecei a construção desse prédio do chão e entregamos ele todo equipado. Realmente estava precisando de uma reforma, mas sinto que agora está tudo fluindo”, contou e afirmou que a unidade está muito mais acolhedora na recepção de pacientes e acompanhantes. “Meu irmão estava sofrendo com pedra na bexiga, à espera de uma vaga em Palmas para realizar a cirurgia. Porém, há três meses, ele realizou o procedimento aqui em Arraias, mesmo. Isso minimizou nossas despesas com transporte e hospedagem, ou seja, fazendo aqui, tudo favorece! Agora ele está 100%”, comemorou.

Arraias 282 anos

Um dos municípios mais tradicionais do Estado, Arraias tem sua história baseada na exploração do ouro no início do século XVIII e fortes traços escravocratas em sua estrutura social. De origem negra, com base sede no quilombo já extinguido chamado Chapada dos Negros, Arraias oferece turismo cultural e ecológico, integrando, inclusive, as Serras Gerais na região sudeste do Tocantins. Nesse 1º de agosto, Arraias completou 282 anos com programação especial, que contou com missa em comemoração ao aniversário, Feira dos Agricultores Rurais e show do filho da casa, Júnior Angelim, e da dupla sertaneja João Neto e Frederico.

Post Anterior

O empresário e pioneiro, Luiz Pires, radicado em Araguaína, é um dos homenageados em exposição fotográfica

Próximo Post

Ataídes dispara em pesquisa VOPE/Primeira Página e aparece empatado tecnicamente com Kátia Abreu em 1º lugar na corrida ao Senado

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.