0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 05/05/2022 09:14

Em ano eleitoral, deputados atuam para suspender aumentos das tarifas de energia de distribuidoras estaduais aprovados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A iniciativa conta com apoio do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP).

Na última terça (3), a Casa aprovou, por 410 votos a 11 e uma abstenção, requerimento de urgência para a tramitação de um projeto que estabelece a suspensão dos reajustes anunciados neste ano. A urgência foi pautada por Lira.

Dessa forma, a fatura do reajuste pode ser repassada para 2023, depois das eleições. Com a urgência do projeto, os parlamentares pressionam para abrir espaço às negociações que possam reduzir o tamanho do reajuste em 2022 ou mesmo alongá-lo, transferido parte dele para o ano que vem. Também preocupado com as eleições, Bolsonaro já prometeu uma queda de 20% nas tarifas de energia.

Post Anterior

Recursos do Governo do Tocantins na ordem de R$ 2 milhões serão investidos na melhoria da infraestrutura de Nova Rosalândia

Próximo Post

Saúde de Palmas adere à campanha sobre abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes