0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/06/2022 15:15

Com apoio de Jair Bolsonaro, Marco Antonio Pereira Gomes, vulgo Zé Trovão, convocou para 27 de junho uma paralisação nacional dos caminhoneiros.

Trovão quer que a Petrobras reduza em 25% o valor do litro do diesel e 15% o custo da gasolina e etanol. Para o líder dos caminhoneiros, a responsabilidade pela alta de preços é única e exclusiva da direção da Petrobras.

Como mostramos na semana passada, entre as sugestões estão desde a taxação de lucros da companhia até a mudança na política de preços.

Zé Trovão é investigado pelo STF por participar dos atos antidemocráticos de 7 de Setembro do ano passado. Ele teve a prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, ficou foragido no México, mas hoje usa tornozeleira eletrônica e está proibido de utilizar redes sociais ou manter contato com outros investigados no mesmo inquérito.

“Bolsonaro está fazendo tudo que pode para conseguir viabilizar o transporte brasileiro e a Petrobras, com esse belo golpe que eles estão querendo dar em cima do Bolsonaro, estão construindo uma maneira para que fique inviável que os caminhoneiros trabalhem”, disse Zé Trovão, em vídeo divulgado pela madrugada nas páginas dos principais aliados do presidente da República.

“A Petrobras quer dar um golpe no Brasil e nós vamos mostrar para ele que eles não têm esse poder”, acrescentou.

Post Anterior

Governo do Tocantins repassa mais de R$ 3 milhões para benefícios eventuais dos municípios

Próximo Post

Mercado eleva projeção da Selic para 13,75%

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.