0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 21/07/2021 16:22

O presidente Jair Bolsonaro decidiu ontem, 20, à tarde fazer as seguintes mudanças:

Casa Civil – entra o senador Ciro Nogueira (PP-PI), no lugar do general Luiz Eduardo Ramos;

Secretaria Geral da Presidência – entra o general Ramos no lugar de Onyx Lorenzoni;

Ministério do Emprego e da Previdência Social – pasta será criada (desmembrada da Economia) e entregue a Onyx.

Com essa decisão, Bolsonaro finalmente coloca na Casa Civil, 2 anos e meio depois de tomar posse, um político. Ciro Nogueira é visto como um dos mais fieis senadores ao Palácio do Planalto. Sua principal função será dar uma feição de mais articulação com o Congresso do que propriamente comandar os ministérios.

Foto: Divulgação.

A Câmara dos Deputados está atendida hoje com várias posições dentro do governo e com a boa relação entre Bolsonaro e o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL). Já no Senado, apesar do entendimento entre Bolsonaro e o presidente da Casa Alta, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), há pouca interlocução geral –e a CPI da Covid é um dos exemplos mais marcantes, sempre beligerante conta o Planalto. A ida de Ciro Nogueira para a Casa Civil visa a tentar resolver esse problema. Fonte: Poder 360

Post Anterior

Congresso pode discutir como definir fundo eleitoral 'de maneira justa'

Próximo Post

Apesar da vacinação, especialistas veem risco de nova onda

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *