0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/04/2018 11:49

A ida para o trabalho nesta sexta-feira, 20, terminou na Unidade de Pronto Atendimento Sul para Daniel Silva dos Santos, de 20 anos. O ciclista seguia na BR-010(antigo trecho TO-050) sentido centro, quando na entrada para a pista marginal, em frente ao Atacadão, na 1.112 Sul, foi atingido por uma moto. Santos foi socorrido pelo Serviço de Atendimento de Urgência(SAMU) e está sendo avaliado, neste momento, na UPA do Jardim Aureny 2.

Eduardo passava na hora do acidente e registrou como ficou a bicicleta após o atropelamento. Foto: Eduardo Macena

Ciclistas, dos grupos de pedal de Palmas, cobram a construção de ciclovias ou de faixas específicas no trecho urbano da rodovia, muito utilizado por trabalhadores, como Daniel, que seguem para o centro da capital. “Palmas é uma cidade de inúmeras práticas de esporte, e o ciclismo é uma das bem populares devido a beleza da cidade”, ressalta o contador Eduardo Macena, apaixonado por bicicletas e praticante do pedal. Segundo ele, “vários trabalhadores em busca de saúde e condicionamento físico” adotam ir para o trabalho de bicicleta.

Mas além de faixas específicas, “a minha principal sugestão é uma campanha para dar atenção aos ciclistas e praticantes de atividades nas vias”, destaca Macena. Ele se tornou competidor e faz parte de vários grupos de bikes, desde setembro de 2014. 

O empresário José Antônio, que mora em Taquaralto, também praticante do pedal, defende a ciclovia, desde que “bem feita”, diz ele, “porque tem muito ciclista indo para o centro de bike, trabalhar e treinar”. Da forma como está, complementa o empresário, “estamos colocando nossa vida em risco, os carros andam em alta velocidade e tiram fino”. 

O presidente da Liga Esportiva Federados do Bolão(FDB), Junio Cesar Souza Vieira, que é funcionário público, diz que “os motoristas não querem respeitar nem eles mesmos” e conta, questionando, que outro dia “estava treinando e passei por dois acidentes, um na entrada do aeroporto e outro na Teotônio, agora você imagina conosco, ciclistas??”.

Vieira conta que é “um dos poucos que representam a capital e o estado nas competições e para que tenhamos bons resultados, alem de patrocínio precisamos de local para treinamentos”.  Mas falta este local em Palmas. “Apesar de termos avenidas largas, falta consciência do condutor que não pensa no outro, sempre quer levar vantagem”, reforça. 

Desde fevereiro de 2017, o trecho com cerca de 11 quilômetros, com início no perímetro urbano em Taquaralto, na saída para Porto Nacional, até o entroncamento com a TO-020 que dá acesso ao município de Aparecida do Rio Negro,  é de responsabilidade e administração do Governo Federal.  Passou a ser nominado por BR-010, sob a fiscalização e manutenção do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT).

O Portal Orla Notícias procurou a superintendência regional do DNIT no Tocantins, por meio da assessoria de comunicação, e recebeu a resposta de que “não temos previsão de construção de faixa específica para ciclistas nessa região”.

Enquanto isso, o jovem Daniel Santos, que trabalha num depósito de loja de eletrodomésticos e mora no Jardim Taquari, aguarda, na UPA Sul, o resultado dos exames de raio X que fez, logo depois do atropelamento. Ele está consciente, segundo profissionais que trabalham na unidade. Colegas de pedal contaram ao Orla Notícias que o motoqueiro que o atingiu parou para prestar socorro, aguardou a chegada da ambulância e da perícia no local. 

Um dos atropelamentos de maior repercussão no trecho urbano da rodovia BR-010, foi o do médico Pedro Caldas, em novembro do ano passado. Depois de ficar internado em UTI por mais de 35 dias, com traumatismo craniano gravíssimo, Caldas morreu. A estudante Iolanda Fregonesi foi indiciada pela polícia, acusada de dirigir embriagada, e o caso está na justiça. 

Atualizada às 11h49

Post Anterior

Gurupi: Afastamento do vereador Ivanilson Marinho será votado em sessão extraordinária hoje

Próximo Post

'Conto do Vigário': homem se passa por interessado em comprar carro, aplica golpe e foge com o veículo