Home»Destaque»Cheques serão compensados em um dia útil; mudança deve facilitar a vida de consumidores

Cheques serão compensados em um dia útil; mudança deve facilitar a vida de consumidores

Com a mudança os bancos terão que compensar cheques de qualquer valor em até um dia útil.

Atualizada em: 27/11/2017 17:48

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Hoje em dia poucos consumidores usam cheque, forma de crédito bastante usada no mercado há anos atras. De acordo com dados do Banco Central, houve queda na quantidade de cheques circulando. Entre março de 2005 e outubro de 2017, o número de cheques processados mensalmente pela Centralizadora da Compensação de Cheques (Compe) caiu de 170 milhões para 42 milhões.

Foto: Divulgação

O estudante Lukas Ramos Franco, 20 anos, não abriu mão do uso dos talões de cheque. “Foi muito por influencia dos meus pais e por acreditar que desta maneira seria mais fácil controlar as finanças particulares”, explica.

 

Diante da pouca circulação, o Banco Central divulgou nesta segunda-feira, 27,  uma liminar que altera o prazo para a compensação de cheques de qualquer valor, que agora passará a ser feita em um dia útil. A mudança inclui os cheques de menos de R$ 300, cujo prazo atual é de dois dias úteis. Com a medida os bancos e a Compe terão prazo de 180 dias para se adequarem à nova sistemática. 

Lukas Ramos Franco, usuário dos talões conta que “Nunca tive problemas com desconto de cheques, então, não senti nenhum impacto direto. Mas acho a medida satisfatória, pois diminui as dificuldades de compensação de cheques. Às vezes, eles demoram muito para serem descontados pelo banco e podem até causar algum problema na conta”,  explica Lukas.

Dicas de segurança

A Federação Brasileira de Bancos (Fenabran) orienta os consumidores sobre alguns cuidados quanto a utilização do cheque, veja algumas dicas.

  • Emita sempre cheques nominais e cruzados; 
  • Ao preencher cheques, elimine os espaços vazios, evite rasuras; 
  • Controle seus depósitos e retiradas no canhoto, inclusive as realizados com cartão; 
  • Evite circular com talões de cheques.  Faça o mesmo com os cartões de crédito, carregando-o apenas quando pretender utilizar; 
  • Quando receber um novo talão, confira os dados referentes ao nome, número da conta corrente e CPF e a quantidade de cheques do talonário; 
  • Nunca deixe requisições ou cheques assinados no talão;
Post Anterior

Competidores de Araguaína se preparam para 1ª Corrida de Aventura do SESI

Próximo Post

Pecuária Integrada de Baixo Carbono mais Ganho de Produtividade