0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/07/2020 15:42

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, até a última sexta-feira, 24, 90,62% da pessoas dos grupos prioritários foram imunizadas contra a gripe. 

“Nosso objetivo, enquanto profissionais da Saúde, é imunizar ao máximo as pessoas elencadas nos grupos prioritários, por sabermos das suas vulnerabilidades acerca da doença e, mesmo com todo o esforço e a meta alcançada, vamos continuar trabalhando para alcançarmos ainda mais pessoas. A intenção é que possamos garantir mais essa proteção para a população”, afirma a enfermeira da Gerência de Imunização da Secretaria da Saúde do Tocantins (SES), Diandra Rocha.

Vacina contra a gripe é eficaz contra os três subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e Influenza B. Foto: Saúde/Governo do Tocantins.

O Ministério da Saúde divulgou na última quinta-feira, 23, mais uma prorrogação da campanha, que vai até o dia 31 de agosto, a fim de alcançar o maior número possível de pessoas imunizadas. Segundo o Ministério, a vacina é segura e reduz as chances de complicações que podem levar a casos graves da doença e óbitos.

A SES também destaca que parte dos grupos prioritários que se encontravam abaixo da meta, como idosos, trabalhadores da saúde e indígenas, foram alcançados. Entretanto, o resultado permanece abaixo do esperado para crianças de seis meses a seis anos, gestantes, puérperas e adultos de 55 a 59 anos. Espera-se que, com essa nova prorrogação, o Estado possa alcançar a meta nesses grupos.

As vacinas seguem disponibilizadas nos postos de saúde até o fim da campanha, tanto para a população que integra o grupo prioritário quanto para o público em geral.

Post Anterior

Agronegócio vai segurar o país mais uma vez 

Próximo Post

Projeto Foco no Fogo visita mais de 300 propriedades rurais em cinco municípios