Home»Destaque»A cerca de 1 mês do Natal pesquisa apura expectativa de consumo dos tocantinenses

A cerca de 1 mês do Natal pesquisa apura expectativa de consumo dos tocantinenses

Os itens que mais interessam os consumidores são peças de vestuário que custem entre R$ 100,00 e r$ 150,00.

Atualizada em: 28/11/2017 20:26

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Elaine Costa, funcionária pública, segue a risca a tradição familiar e não abre mão de trocar presentes no natal. Moradora de Araguaína, ela conta que integra uma família grande. “Todo o ano nos reunimos com a família, somos 4 irmãos, meu pai e minha mãe, meu filho, minha sobrinha, meus cunhados e amigos. Não deixamos de presentear nessa data, a gente não economiza no natal”, conta Elaine. 

Árvore de Natal já está montada na casa da Elaine. O pequeno Heitor, filho da funcionária pública segura o saco de presentes. Foto: Divulgação.

No entanto, a funcionária pública, usa algumas estratégias como comprar os presentes bem antes do natal para economizar. “Temos a tradição de colocar todos os presentes em baixo da arvore de natal”, conta. 

De olho em consumidores como a Elaine, o Instituto Fecomércio realizou uma pesquisa de Expectativa de Consumo para o Natal. Uma das mais importantes constatações do estudo é a de que, este ano, Araguaína na região norte do Estado apresentou a melhor expectativa de compras para o natal. Cerca de 82% dos consumidores afirmam que vão presentear no fim de ano. O percentual de moradores que pretendem presentear  aumentou 29,6%

Segundo dados da pesquisa, 75,8% devem comprar no comércio de rua da cidade. O levantamento foi realizado também em Palmas e Gurupi, onde apontou a intenção de consumo na Capital de 27,1% e em Gurupi 44,4%. 

Os itens que mais interessam os consumidores são peças de vestuário que custem entre R$ 100,00 e r$ 150,00 e a preferencia da maioria é o pagamento em dinheiro. Entre os entrevistados apenas 7,7% disseram que não devem comprar presentes e 10,2% ainda estão indecisos.

“Com a intenção de compras em alta, o empresário precisa garantir que a expectativa se concretize. Para isso, uma dica é observar o que o cliente mais deseja para oferecer o produto certo, além de preparar a equipe e a vitrine”, afirma o presidente do Sistema Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni.

A família da Elaine espera o ano inteiro pela data. Foto: Divulgação.

Os consumidores também estão de olho em promoções, como apontou a pesquisa. O levantamento mostrou também que 38% dos tocantinenses pretendem viajar, onde mais 44% dos entrevistados deve ir para fora do Estado. 

 

Post Anterior

Marcelo Miranda poderá recorrer da determinação da justiça

Próximo Post

Dois dos PMs que atiraram em delegado da Polícia Civil são afastados de suas funções