0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 15/01/2020 15:44

Até o final deste mês de janeiro, serão realizadas ações nos Centros de Saúde da Comunidade (CSCs) de Palmas para chamar a atenção da população sobre a importância do diagnóstico precoce, do controle e tratamento da doença e também informar a respeito dos sinais, sintomas e formas de transmissão da doença.

As ações fazem parte da campanha Janeiro Roxo, que tem o objetivo de promover a conscientização e prevenção da hanseníase. Os profissionais da rede municipal de Saúde vão realizar atendimentos noturnos, palestras educativas nas salas de espera, além de rodas de conversa, avaliações de novos contatos, mutirão de diagnósticos, atendimentos odontológicos, capacitação para agentes de saúde e busca ativa, que é o deslocamento de equipes de saúde até os pacientes.

Unidade de saúde da 503 Norte, em Palmas. Foto- Raiza Ribeiro.

O coordenador técnico da Área de Hanseníase de Palmas, Pedro Paulo dos Santos, reforça que o resultado desejado com todas essas ações é, principalmente, romper o ciclo de transmissão da hanseníase. “Não basta apenas realizar o diagnóstico e tratar as pessoas. É necessário multiplicar a informação sobre as formas de transmissão e como evitar que novos casos ocorram”, lembrou o profissional.

Post Anterior

Detran irá leiloar 800 veículos e sucatas com lances a partir de R$ 10 em Araguatins

Próximo Post

Salário mínimo de R$ 1.045 é anunciado por Bolsonaro

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *