0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 22/06/2022 17:05

O fim de semana foi cercado de polêmicas sobre a utilização do VAR no futebol brasileiro. Com isso, o presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Seneme, frisou em um evento que a partir da próxima rodada do Brasileirão as linhas de impedimento do VAR serão traçadas ao vivo e exibidas nas transmissões dos jogos.

“A gente vai disponibilizar a construção da linha do impedimento na transmissão ao vivo. Não vai mais enviar a foto da jogada para a transmissão colocar na sequência. A gente entende que, quando as pessoas que estão acompanhando a transmissão começarem a acompanhar a construção da linha, vão entender melhor o final dela”, disse Seneme.

“A gente quer dar treinamento diário para esses árbitros para que possam melhorar essa linha de intervenção, é o que estamos buscando”, completou.

Além disso, a entidade destacou que vai publicar mais áudios e vídeos com os diálogos entre os árbitros de campo e a cabine do VAR. No momento, a CBF costuma divulgar somente os lances revisados. Entretanto, a partir de agora, pretende também publicar os lances que poderiam ter sido checados pela cabine mas não o foram.

“Nós estávamos com um grupo reduzido de trabalho, por isso não publicamos tudo. A partir de agora, podem nos cobrar mais. Essa demanda tem que ser absorvida”, explicou Seneme.

No último domingo (19), na virada épica do Botafogo sobre o Internacional, a arbitragem de Sávio Pereira Sampaio foi cercada de polêmicas. O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF prometeu divulgar os lances polêmicos da partida ainda nesta quarta-feira (22).

Por fim, a Comissão de Arbitragem da CBF apresentou novos membros. Ao todo, são 18 novos integrantes, e entre eles estão velhos conhecidos: os ex-árbitros Ricardo Marques Ribeiro e Péricles Bassols. O segundo será Gerente Técnico VAR.

“Cheguei a esses nomes com o máximo de autonomia. Eu sei que eu estou sendo vigiado pelo presidente, assim como os árbitros têm que saber que estão sendo vigiados por nós. Mas essa liberdade de ação [para escolher os nomes] eu não tive nem na Conmebol”, salientou Seneme.

Confira a lista completa abaixo:

• Wilson Luiz Seneme – Presidente da Comissão de Arbitragem

• Emerson Augusto de Carvalho – Vice-presidente da Comissão de Arbitragem

• Ricardo Marques Ribeiro – Membro da CA

• Hilton Moutinho Rodrigues – Membro da CA

• Regildênia de Holanda Moura – Membro da CA/Responsável Arbitragem Feminina

• Ítalo Medeiros de Azevedo – Membro da CA/Estatístico

• Alicio Pena Júnior – Gerente-Geral do CEAB

• Roberto Perassi – Gerente Ensino Arbitragem

• Giuliano Bozzano – Gerente Técnico Arbitragem

• Péricles Bassols – Gerente Técnico VAR

• Lucas Dias Almeida – Gerente VAR

• Rodrigo Pereira Joia – Gerente Administrativo Arbitragem

• Paulo Roberto da Rocha Camello – Coordenador Físico Arbitragem

• Mikael Silva Araújo – Analista Técnico de Vídeos

• Edson Rezende de Oliveira – Ouvidoria/Corregedoria Arbitragem

• Renata Lee – Coordenadora Administrativa Futsal
 
• Sandro Brechane – Coordenador Técnico Futsal

• Nayara Santos Azevedo – Analista Administrativa CA

• Tatiana Pacheco Lima Guedes – Analista Administrativa CEAB

Post Anterior

Governo do Tocantins anuncia construção de Escola Estadual com Ensino Médio em Buritirana e quebra espera de 15 anos

Próximo Post

Governo Bolsonaro acumula escândalos de corrupção; confira os principais

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.